Bem-vindo ao SoQuadrinhos, por favor, efetue Login ou Crie uma conta para ter acesso total aos fóruns. Se tiver algum problema, Entre em Contato.

Detalhes
Nome : Cable
Nome Original : Cable
Ident. Civil : Nathaniel Christopher Charles Summers
Alcunhas : Nathan Dayspring, Askani'son, Nathan Winters, Salvador, Viajante, Primeiro Escolhido, Soldado X.
Editora : Marvel Comics
Estréia : Uncanny X-Men #201 (Janeiro, 1986) (como bebê Nathan); New Mutants #86 (Fevereiro, 1990) (como Cable)
Naturalidade : Escola Xavier para Jovens Super-Dotados, Salem Center, Nova York.
Estado Civil : Viúvo
Educação : Treinamento Askani extenso, educado mais tarde na educação do século 37, início de 39.
Ocupação : Ex-presidente da Rumekistan, líder da Providência; Aventureiro; Ex-combatente da liberdade, agente do governo dos Estados Unidos, Mercenário, Instrutor de combate da X-Force.
Base : Anteriormente Utopia, Baía de São Francisco, Califórnia; Móvel; Ensabahnur I; Cidade Limpa, Nova Liberdade; Providência; Rumekistan; Instituto Xavier para Estudos Avançados, Salem Center, Westchester, Nova York; Assassino de Mundos; Graymalkin, Orbita da Terra; Acampamento Reserva Verde, Arizona; Montanhas de Adirondack, Nova York; Cozinha do Inferno, Nova York; Safehouse 14, na Suíça; Móvel no século 37, início de 39; Nave.

Níveis de Poder
Inteligência
03
Força
04
Velocidade
02
Resistência
04
Projeção de Energia
04
Habilidades de Combate
06
Referência: Official Handbook of the Marvel Universe A-Z (2008)
Resposta: #1
Cable (Nathan Summers)

Origem


Nathan Christopher Charles Summers foi planejado antes de seus pais se conheceram. O geneticista Sr. Sinistro descobriu que uma união entre os X-Men, Scott Summers (Ciclope) e Jean Grey (Garota Marvel), iria produzir um poderoso mutante. Sinistro esperava que ele pudesse controlar tal mutante e usá-lo para derrotar Apocalipse. Na época, acreditava- se que Jean estava agindo imprudentemente, então Sinistro criou um clone dela e a nomeou Madelyne Pryor, criando um passado falso para ela. O plano de Sinistro , então, foi para produzir uma criança a partir da união de Madelyne e Scott, a quem ele acreditava que iria se tornar um mutante geneticamente superior. Madelyne tinha sido uma experiência fracassada, até que foi trazida à vida por parte da consciência de Jean, que tinha sido emprestada, e uma faísca, pela Força Fênix, que tinha sido rejeitado pelo corpo de Jean, enquanto no casulo. Sinistro arranjou um encontro com o Scott como uma piloto para os avós de Scott. Scott foi imediatamente atraído para Madelyne porque ela se parecia muito com seu verdadeiro amor, Jean. Eles rapidamente se casaram e depois Madelyne ficou grávida.

Enquanto Scott estava lutando contra Fenris no julgamento de Magneto, Madelyne teve o filho na cozinha da Mansão X, que recebeu o nome de Nathan Christopher Charles Summers - Nathan a partir de uma sugestão implantada pelo Senhor Sinistro em Madelyne , Christopher do pai de Scott, e Charles de sua figura paterna. O jovem Nathan Summers era tão poderoso que, em seu nascimento, ele acordou Apocalipse de sua hibernação.

Depois que os X-Men derrotaram os Fenris, o bebê Nathan conheceu sua meia-irmã adolescente de uma realidade alternativa, Rachel Summers, e ela criou um psi-bond com ele, criando a promessa de protegê-lo e estar sempre lá por ele. Depois de perder uma batalha pela liderança dos X-Men, Scott se afastou dos X-Men e juntos, ele e Madelyne, levou a criança para Anchorage, Alaska.

Primeiros Anos


Ao longo do tempo o casamento de Scott e Madelyne ficou tensa; Madelyne se ressentia do fato de que Scott raramente estava em casa e que ele continuou a pensar em Jean. Tudo piorou quando Jean foi descoberta viva. Scott deixou o pequeno Nathan e Madelyne para se reunir com Jean e os outros membros fundadores dos X-Men para formar uma nova equipe, chamada de X-Factor, em Nova York. Sabendo do retorno de Jean, Sr. Sinistro fez com que Madelyne voasse com uma carga para São Francisco por muito dinheiro e ela levou Nathan. Sr. Sinistro enviou seus Carrascos para capturar Christopher e matar Madelyne, antes que ela pudesse ser exposta como um clone. Madelyne sobreviveu e ficou aos cuidados dos X-Men, enquanto Sinistro levou Nathan a seu laboratório secreto escondido sob um orfanato em Nebraska. Lá, Sinistro fez experiências com Nathan. Sinistro foi detalhista e apagou toda existência de Nathan e Madelyne de qualquer registro. Scott, depois, tentou se reconciliar com sua família, mas não havia existência deles, exceto um brinquedo do bebê em sua antiga casa. Scott acreditava que Madelyne havia se afastado com o bebê.

Inferno


Ao ficar com os X-Men, Madelyne aprendeu a razão pela qual Scott tinha abandonado e, lentamente, se perdeu para o lado negro de sua personalidade e manifesta um uniforme negro esfarrapado. A mutante precognitiva, Sina, da Força Federal indicou ao Scott o orfanato em Nebraska. Com pistas da Sina, Scott e Jean retornaram ao orfanato de sua infância e encontrou um laboratório inteiro no porão, com muitos filhos, incluindo o bebê Nathan, em vagens de incubação. Ao tentar salvar Nathan, Scott e Jean lutaram com Nanny, que tentava sequestrar crianças mutantes para protegê-los. De alguma forma, uma ligação telepática com Jean foi aberta, e os demônios escaparam com Nathan.

Nathan chegou à um cemitério, onde o demônio N'Astirh tentou criar um portal permanente aberto entre a dimensão do Limbo, infestada de demônios, e a Terra. Nathan e outras nove crianças seqüestradas foram teletransportadas para Times Square, onde a Nova Mutante, Magia, fez a abertura de um portal para seus companheiros de equipe retornar a partir do Limbo, e N'Astirh usando os bebês como os pontos de um pentagrama invertido (vigas com focos de poder por causa de sua pureza e abertura para usá-los naturalmente, condutas de vida que não podem bloquear o fluxo de poder, e que não saberia como desligá-lo), manteve o portal aberto. O portal foi fechado por um esforço combinado do X-Terminators e os Novos Mutantes, mas, quando o pai de Nathan chegou para resgatá-lo, ele foi levado de volta para o orfanato por N'Astirh, para as mãos de sua mãe, agora chamando a si mesma a Rainha dos Duendes, e consciente de seus poderes. Senhor Sinistro tinha revelado as verdadeiras origens de Madelyne para ela e a mesma pretendia usar Christopher como um sacrifício em seu esforço para reabrir outro portal. Madelyne retornou a Nova York e lutou contra o X-Factor, culpando Scott e Jean para a miséria em sua vida, e promoveu uma batalha entre os X-Men e X-Factor. Madeylne teve os X-Men sob a sua influência demoníaca que acreditava que o X-Factor estava tentando seqüestrar Nathan.

O sacrificio do bebê Christopher.
Depois de chegar ao Edifício Empire State, Nathan foi entregue à sua mãe, por versões demoníacas dos pais de Jean, e enviou um chamado telepática para Jean, que sua mãe pretendia matá-lo e pediu a Alex Summers (Destrutor), tio paterno de Nathan, para se tornar seu Principe dos Duendes. Após a derrota de N'Astirh, a Rainha dos Duendes capturou Jean e outra batalha foi instigada entre os X-Men e X-Factor. A Rainha Dos Duendes tentou sacrificar o bebê Nathan e os outros nove bebês mutantes no topo do Edifício Empire State para terminar o trabalho de N'Astirh e permanentemente abrir um portal entre a Terra e o Limbo, a despeito de Scott. A Rainha dos Duendes se trancou, com Nathan e Jean, dentro de uma barreira psiônica, onde ela explicou suas origens como clone de Jean. Tanto os esforços dos X-Factor e dos X-Men combinados parecia ser inútil em romper a bolha telecinética. Pryor-Summers e Grey lutaram uma contra a outra, com Madelyne desencadeando uma força psiônica, matando a si mesma, com a intenção de destruir a si mesma e seus oponentes, mas os X-Men e o X-Factor protegeram uns aos outros enquanto Jean protegia Nathan Christopher.

Vivendo na Nave


Nathan foi levado para a Nave Celestial do X-Factor, que havia pertencido a Apocalipse, com os pais de Jean e, depois de assistir ao funeral da mãe de Candy Southern, foi criado por Scott e Jean na nave. Depois de receber a visita de sua irmã, Rachel, Scott decidiu levar Nathan Christopher com ele em missões e viajou para Londres, Inglaterra, onde o X-Factor enfrentou os Trolls para resgatar um jovem mutante chamado Thomas Jones. Neste momento, os outros poderes mutantes de Nathan Christopher começaram a se manifestar, como uma bolha de força protetora telecinética em torno de si, quando o troll, Phay, tentou pisar em cima dele e esmagá-lo. Depois de ser acordado através do espaço por Gammenon, O Coletor, a Nave foi ao espaço, com o X-Factor involuntariamente junto ao passeio.

Após Gammenon sentir sua presença, o X-Factor foi enviado para o planeta alienígena abaixo, onde eles estavam divididos durante uma batalha entre os Escolhidos e os Rejeitados. Enquanto protege Nathan Christopher, Garota Marvel estava sobrecarregada pelos Rejeitados, e Nathan foi coletado pelo Pai-Sol do Escolhido. Desconhecendo as origens da crianças, Nathan Christopher encontrou o seu caminho para os braços da Princesa Seera. Princesa Seera tentou cuidar de Christopher, enquanto buscavam suas origens, mas o choro tornou-se muito para o escudo e o Senhor Rask levou ambos em cativeiro, deixando Christopher com os cientistas escolhidos. Depois de ser enviado para os cientistas, Jean se reuniu com Nathan, mas sua personalidade de Madelyne assumiu e, depois que ela o pegou telecinéticamente e tentou segurá-lo, Christopher ergueu sua bolha telecinética.

Vírus Tecno-Orgânico


Bebê Christopher infectado pelo tecno-vírus.
Logo após seu resgate, os Motoqueiros da Tempestade seqüestraram Nathan e levaram-no para a base de Apocalipse na Área Azul da Lua. Depois que Nathan foi resgatado, pelo X-Factor, foi revelado que Apocalipse havia infectado a criança com o Vírus Tecno-Orgânico, que foi se espalhando rapidamente pelo seu corpo e, se não parasse, iria matá-lo. Nave criou um campo eletromagnético de proteção e se fundiu com as peças elétricas de Nathan, para manter a criança viva. Como o vírus se espalhar pelo corpo de Nathan, ameaçando transformar Nathan em um corpo de metal líquido e aço orgânico, um membro da Askani Clã, Irmã Askani, que sacrificou seu corpo físico para se tornar energia, vinda dos séculos entre 37 e 39, para Ciclope, alegando que Nathan seria um salvador em seu tempo e que o clã iria curá-lo do vírus.
Scott e Jean entregando a criança para a Irmã Askani.
Escolhendo salvar a vida de seu filho e acreditando que ele nunca iria vê-lo novamente, Ciclope concordou que Nathan fosse levado para um futuro alternativo governado por Apocalipse. Como a forma de energia da Nave perdeu a coesão, ela passou o resto de sua energia protegendo Nathan Christopher na viagem. Embora a energia da Nave foi dissipada, desta forma, quando Nathan chegou no futuro, não há qualquer indício ou menção da Nave.

Nathan Dayspring


Ao chegar nesse futuro, Nathan foi dado a Madre Askani, uma vez a deslocada Rachel Summers que tinha uma visão de proteger a criança desde o dia em que nasceu. O Clã Askani adora Nathan como o profetizado "Aurora" e "Askani'son". Madre Askani colocou Nathan em um berço de incubação para preservar a sua vida, mas o vírus havia progredido muito. Os técnicos que examinaram Nathan pediram a Madre Askani e informaram-lhe que a única coisa que mantém a criança viva foram os atos da Nave. Temendo que Nathan não iria sobreviver ao vírus, Madre Askani o tinha clonado. Apesar de suas avaliações originais, os Askani aprenderam que a criança original viveria depois de tudo. Só então, os Cananeus atacaram a base e a Madre Askani ordenou Boak para remover as crianças. Boak só foi capaz de remover Nathan, quando os Cananeus destruiram tudo em seu caminho e, aparentemente matando a Madre Askani, eles começaram o massacre do clã Askani. Logo depois, o próprio Apocalipse entrou no quarto e levou a criança restante, que ele acreditava ser o original Nathan Summers que ele havia infectado, mas na verdade era o clone. Gravemente ferida, Madre Askani trouxe as almas dos recém-casados Scott e Jean anos depois que Nathan tinha sido enviado para o futuro, para criar Nathan. Scott e Jean habitaram novos corpos clonados a partir de seus descendentes, como o próprio corpo não sobreviveria a viagem e Ch'vayre, um ex-membro Askani, capturou o verdadeiro Nathan de Boak. Depois que a Madre Askani deu poderes semelhantes aos do casal, Scott, Jean e Madre Askani tiveram sucesso em resgatar Nathan, mas Ch'Vayre feriu gravemente Madre Askani, deixando-a em coma.

Scott e Jean levados ao futuro para criar Nathan.
Scott e Jean fugiram com Nathan e Madre Askani, e passaram a década seguinte criando Nathan em segredo, posando como os seres humanos "Magrão" e "Ruiva" Dayspring e se juntaram à rebelião do Clã Askani inspirando minar o império de Apocalipse. Magrão e Ruiva criaram Nathan como Nathan Dayspring e começaram sua fisioterapia e treinamento na esperança de que ele iria derrubar Apocalipse, enquanto constatemente se mudavam para novos locais. Durante este tempo, a Ruiva instruí Nathan como usar suas habilidades telecinéticos para conter o vírus Tecno-orgânico, mas o vírus já havia se espalhado para o lado esquerdo de seu corpo, dando-lhe uma aparência cibernética, ela também teve de instruí-lo a telepaticamente mascarar sua presença. Magrão e Ruiva nunca disseram a Nathan de suas verdadeiras origens, mas que não eram seus verdadeiros pais, ele aceitou que nasceu no futuro.
Rebelião Askani
Enquanto isso, a criança clone foi criado por Apocalipse e cresceu para se tornar o louco conhecido como Conflyto. Depois de ouvir Magrão e Ruiva falarem sobre um ataque a cidadela de Apocalipse em Crestcoast com a Rebelião Askani, Nathan os seguiu e, aos oito anos de idade, conheceu Conflyto. Surpreso com sua semelhança, Conflyto foi derrotado por Nathan, e uma mulher, conhecida apenas como "Rachel", telepaticamente falou com Nathan dizendo-lhe como destruir um vírus de Apocalipse.

Depois de anos de remissão, o Vírus Tecno-Orgânico de Nathan de repente começou a incendiar-se, entrando em coma, além de qualquer ajuda médica, e sua condição era considerada terminal. Magrão vigiou Nathan dia e noite, recusando os seus deveres como membro da Rebelião Askani. Enquanto Ruiva foi ao que deveria ter sido o ataque final à Cidadela de Apocalipse, Nathan milagrosamente acordou, assim a como a Madre Askani, em uma forma mais jovem e chamando-o de "irmão", telepaticamente, incentivou-o a lutar contra a propagação do vírus e contê-lo telecinéticamente, revelando-se como a mesma Rachel que falou com ele anos antes. Rachel explicou-lhe que ele era potencialmente o mutante mais poderoso da Terra e que, se ele sacrificasse o uso máximo de sua telecinese diariamente, ele poderia sobreviver ao vírus. Ao acordar, Nathan, com sua mente ligada à Ruiva, alertou Magrão que ela estava em perigo. Depois de Nathan e Magrão chegarem para ajudar Ruiva, Apocalipse usou seu poder de ver através de seus corpos físicos e os reconheceu como Cable, Jean Grey e Ciclope, afirmando que, se ele os tivesse encontrados antes, ele poderia ter deduzido isso antes. Depois de Nathan, Ruiva, e Magrão atacarem Apocalipse, o desiludido Ch'vayre traiu seu mestre, distraindo-o, e Magrão ordenou Nathan para interromper qualquer ligação telepática entre Apocalipse e Conflyto, aparentemente matando Apocalipse. Naquele momento, a Madre Askani começou a morrer e a Ruiva desapareceu. Magrão percebeu que ele também seria enviado de volta ao seu tempo e, querendo dizer muito, Magrão disse a Nathan que ele "... nunca vai estar sozinho. Não em seu coração ... não da única maneira que realmente importa. .. porque eu vou estar lá. Porque eu te amo, filho. Lembre-se sempre! Você vai ser muitas coisas para muitas pessoas. Às vezes amado e respeitado. Outras vezes, temido e odiado, quase sempre mal interpretado. Algum dia, você vai ser um cabo que une o passado com o presente e futuro... ontem com o de hoje e de amanhã -- Nathan Christopher vai ser todas essas coisas ... mas ele deve saber que ele nunca vai estar sozinho". Ch'vayre levou Conflyto aos seus cuidados e disse a Nathan que os seguidores de Apocalipse iriam procurar por ele. Nathan disse que iria trabalhar para restaurar o sonho que Apocalipse tentou destruir e saiu por conta própria.

Askani'son


Conflyto se escondeu com Ch'vayre e, eventualmente, tornou-se o líder militar da nova ditadura que surgiu no lugar de Apocalipse, os Novos Cananeus. Nathan viajou por conta própria e de má vontade participou de revivals Askani secretos ministrados por Fossil, onde conheceu Tetherblood. Após Fossil erroneamente afirmar que a Madre Askani derrotou Apocalipse, Nathan o corrigiu e foi capturado por 'Strator Umbridge. Enquanto Nathan foi preso, a sua infecção pelo vírus Tecno-Orgânico piorou e Blaquesmith, um membro do clã Askani, quebrou suas células e extraiu uma esfera brilhante da carne metálica do peito de Nathan. A orbe era a I.A. da Nave, que, esquecendo de seu passado, tinha começado a chamar-se de "Professor". Depois, Nathan manteve o Professor como um aliado, que falava e poderia controlar dispositivos eletrônicos. Depois de 'Strator Umbridge perceber que Nathan foi quem derrotou Apocalipse, ela enviou guardas e Blaquesmith aparentemente sacrifica-se para Nathan e Tetherblood escapar, telepaticamente dizendo para Nathan encontrar os demais membros do Clã Askani.

Depois de lutar contra mais soldados, Blaquesmith retornou e disse a Nathan manter o plano e depois desapareceu para o Plano Astral. Depois de chegar em Ebonshire, Nathan enfrentou o Daegon e foi salvo da morte por Aliya, por quem imediatamente se apaixonou. Depois de lutar contra Loci, Aliya levou Nathan à Madame Santidade e ele pediu para aprender os caminhos Askani. Mesmo que Nathan fosse um macho, Santidade ordenou Aliya para instruí-lo, porque ele era o Askani'son. Após os Novos Cananeus atacarem, Askani'son salvou Aliya e ele começou a perder o controle de seus tecno-orgânismos, na frente dela. Durante a batalha, Madame Santidade foi aparentemente morta, mas havia realmente se juntado ao Conflyto. Nathan, Aliya, e Tetherblood deixaram o Tribuno Haight vivo, mas prometeu construir uma rebelião contra a tirania dos Novos Cananeus.

Guerra entre o Clã Escolhido e os Cananeus


Conflyto começou a usar sua armadura e muito raramente tirava a máscara. Nathan, entretanto, tornou-se o líder militar mais importante de oposição aos Novos Cananeus, o Clã Escolhido, e continuou os caminhos Askani. As crenças Askani ensinaram a Nathan tais princípios como "o que é, é", que o destino deve ser abraçado, e "obrigado por hoje, por favor, para o amanhã", uma crença de que o passado traz esperança, e pregou que a "Sagrada Linha Temporal" deve ser preservada e alimentada através de viagens cuidadosas no tempo. Parte da intensa disciplina e formação Askani foi a mediação realizada enquanto levitava de cabeça para baixo. Os Askani também acreditavam em pequenas Wysps aladas que levavam orações. Os Askani tinham uma linguagem cerimonial, únicas nas artes marciais, e a Psimitarra, uma arma que concentra a energia psiônica. Crentes deificados do ancião dos X-Men: "o Xavier" tornou-se uma figura paterna, a Senhora Brilhante uma deusa-mãe, e o profetizado "Aurora" ou "Askani'son", seu messias. Os Askani levavam, como seus símbolos, a Fênix e o olho cheio de cicatrizes, que relembram as cicatrizes em torno do olho direito do Askani'son. Recrutas nos caminhos Askani em como sobreviver aos anciãos Askani repetidamente lutaram contra os Novos Cananeus e os descendentes do Apocalipse, liderados por Conflyto.

Durante a guerra entre essas forças opostas, Nathan e Conflyto entraram em combate várias vezes, tornando-se amargos inimigos, apesar de Nathan não saber que Conflyto era a mesma criança que tinha visto quando ele tinha oito anos. Nathan também entrou em confronto com os Neo-Cananeus, um grupo que também pretendia reivindicar o poder de Apocalipse. Nathan e Tetherblood forjaram uma relação muito estreita ao longo dos anos seguintes. Cerca do décimo sexto aniversário de Nathan, uma das forças cananéias havia infectado os membros do Clã Escolhido com nanites explosivos, transformando-os em homens-bomba relutantes. Nathan e um esquadrão atacou a Sibéria facilmente, onde os nanites foram controlados, e soube que um de seu clã foi infectado. Nathan tentou destruir sua capacidade para acionar as bombas, destruindo a instalação, mas o membro do clã ainda estava ativo. Temendo por sua vida, o membro do clã correu para seus companheiros de equipe, mas Nathan, na tentativa de salvar as vidas restantes do batalhão, foi forçado a detonar a nanite. Quando o espião de Conflyto, o Korless, se infiltrou no Clã e Conflyto psiquicamente atacar Nathan, Conflyto capturado Tetherblood e o Professor do acampamento de Nathan, Conflyto torturou Tetherblood para descobrir a sua importância. A retirada do Professor de Nathan o levou a ficar muito doente e Blaquesmith enviou Aliya ao passado para encontrar Cable, o Nathan adulto. Aliya foi bem sucedida, embora ela e Nathan não soubessem da verdadeira origem de Cable. Cable voltou com o frasco e I.A. da Nave ativado, que mais uma vez se fundiu com Nathan. Professor vivia na carne techno-orgânica de Nathan, atuando como consultor e ajudando a controlar a infecção. Nathan se apaixonou por Aliya e os dois se casaram. Aliya adotou o codinome "Jenskot " como um tributo a Jean e Scott, os pais do Askani'son. Em algum momento, um soldado do exército de Nova Cananeu foi ferido e Nathan veio atrás de seu corpo. Nathan decidiu contactar a Equip Evac dos Novos Cananeus, para que ele não fosse deixado para morrer, e então foi embora, sem saber que ele iria criar um futuro inimigo.

Mais tarde, Jenskot foi capturada durante uma incursão a Nova Canaã e, apesar dela não falar de seu tempo como prisioneira, foi sugerido que ela foi torturada e estuprada por Conflyto. Eventualmente, Nate foi capaz de resgatá-la. Jenskot mais tarde deu à luz a seu filho, Tyler Dayspring, e Nathan nunca questionou seu parentesco. Durante um ataque, mais tarde, por forças de Conflyto, uma bomba foi definida e Aliya foi mortalmente ferida. Aliya morreu nos braços de Nathan e lhe pediu para cuidar de seu filho, sem saber que Tyler havia sido seqüestrado. Conflyto ordenou ao cientista Parridan Haight, Frisco, fazer lavagem cerebral em Tyler para rejeitar as crenças de Nathan e tornar-se peão de Conflyto. Após a morte de Aliya, Nathan tornou-se mais ousado e um perigo para si mesmo, Tetherblood zelava de perto o amigo, mesmo que ele não pedisse.

Viajante


Depois de perder a guerra para os Neo-Cananeus e crescendo cansado de lutar, Nathan decidiu desafiar sua formação Askani a destruir Apocalipse antes que ele chegasse ao poder. Usando a tecnologia de viajar no tempo, Nathan viajou ao antigo Egito, logo após En Sabah Nur encontrar a Nave Celestial, e lutou com En Sabah Nur e seus originais Cavaleiros das Trevas, com uma espada e escudo enquanto chamava a si mesmo de Viajante. Enquanto camuflava-se de Nur e matava seus assassinos, o Viajante foi avisado de um antigo mal pelo Conselho de Nirinthia. Depois de chegar a 80 pés subterrâneos no Castelo Karanada, na cidade de Reliquia de Karanada, o Viajante e uma feiticeira, D'narda, encontraram o Skornn, um recém-chocado que estava se alimentando de seres humanos e, especialmente, os mutantes. O Viajante lutou ferozmente com Skornn, mas foi incapaz de matá-lo, até que D'narda informou que um punhal, Cinco Dedos da Aniquilação, era a única coisa que poderia matá-lo, mas para fazer a lâmina tirar uma vida, uma outra deve ser colocado em troca. Não está claro, mas assume-se que D'narda sacrificou para o Viajante matar Skornn.

Durante uma batalha com Nur, Nur cortou o braço esquerdo do Viajante cibernético e, durante a confusão, o Viajante puxou uma arma e atirou na cabeça dele. Depois de recolocar o braço tecno-orgânico, o Viajante foi aceito como o novo líder dos Cavaleiros das Trevas, mas recusou. O Viajante virou-se para Ozymandias, servo de Nur, e instruiu-o a lembrar que sempre haverá alguém mais esperto e mais forte ao redor e que estar em forma para sobreviver significa ter a responsabilidade de ajudar os que não são. Sem saber ao Viajante, o seu sangue infectado techno-orgânico misturou-se com Nur, quando ele limpou o sangue de Nur em Ozymandias.

Anos depois de sua batalha com Nur, embora apenas alguns dias para Nathan, o Viajante encontra-se em algum lugar próximo a Ho-Lo Shan Mountains, na Mongólia, China, para emboscar uma caravana de tecnologia avançada. O Viajante seguiu a caravana até Ozymandias e perguntou como eles obtiveram a tecnologia futurista, Ozymandias respondeu que era, na verdade, uma tecnologia antiga. Ozymandias explicou que tinha levado o corpo de Nur para uma nave alienígena, esperando que a sua tecnologia podesse curá-lo, e o Viajante explicou que era realmente um transporte Celestial para uma raça alienígena altamente avançada, um dispositivo sensível exploratório, percebendo que ele estava em pé na mesma Nave que se tornaria uma parte dele. O Viajante entrou na Nave ao saber que seu sangue misturado com o vírus Tecno-orgânico e o de Nur é o que o ressuscitou e, infectado com o vírus, Nur permitiu compreender a Nave. Irritado com a revelação, o Viajante disse ao Nur que se ele foi o responsável por sua imortalidade, ele vai fazer Nur passar a eternidade longe de lá e mandou a Nave e seus passageiros para longe no espaço. Lá fora, o Viajante disse a Ozymandias que ele estava viajando no tempo para descobrir tudo sobre Nur, na esperança de encontrar um ponto fraco, mas suas viagens, na verdade, eram exatamente a mesma coisa que trouxe Nur ao poder. Quando perguntado por Ozymandias se En Sabah Nur voltaria, o Viajante respondeu: "Não, Apocalipse virá".

Cable


Nathan voltou para o futuro e, depois de décadas de batalha, o Clã Escolhido assinou um tratado de paz duradoura com os Novos Cananeus, mas Nathan, chateado com os rumores de que Apocalipse sobreviveu, convenceu o Conselho do Clã Askani que eles precisavam lutar novamente, depois o Concílio o fez provar a si mesmo contra a Guarda Protetorado do Conselho em uma arena. No entanto, as batalhas que se seguiram custaram caro ao Clã e a guerra seguinte quase destruiu toda a vida na Terra. Entre os mortos estava o aliado de Dayspring, Adam Spectre. Quando o Clã Escolhido atacou Conflyto, Tyler capturou um membro do Clã, Dawnsilk, forjando um vínculo neural entre eles para ganhar segredos do Clã Escolhido. Nathan decidiu romper o vínculo, atirando em seu filho, a fim de salvar Dawnsilk. O tiro derrubou Tyler e ainda danificou sua mente e da Dawnsilk também. Durante uma batalha, Nathan e Tetherbood lideram um esquadrão para obter o Escudo do Capitão América, que Nathan usaria para inspirar a liberdade e a justiça em seus seguidores. Após os Neo-Cananeus derrotar os Novos Cananeus, Nathan descobriu que Conflyto usou o Tinex (máquina do tempo cananéia) e, com o ADAM Unidade Zero, fugiu, voltando no tempo para o final do século 20. Como parte de sua missão como o Askani'son, Nathan voltou ao século 20 para frustrar os planos de Conflyto em preservar a ascensão de Apocalipse ao poder. Para garantir que ele não vacilasse em sua missão ou atrapalhar o cronograma, e com a tarefa desagradável de eliminá-lo se ele se tornasse instável, Blaquesmith foi enviado uma hora mais cedo também, despercebido de Nathan.

Nathan chegou na Ilha Muir e conheceu Dr. Moira MacTaggart, embora mais tarde, parecia que ela não se lembrava de tê-lo conhecido. Depois de aprender a língua inglesa e os ecentes eventos através de um link mental com a Dr. MacTaggart, Nathan, agora chamando a si mesmo de Cable, transportado entre os multiplos eventos passados e futuros, em um ponto trazendo consigo a sua estação espacial orbital, Graymalkin (nomeado após o endereço da Escola Xavier para Jovens Superdotados), e criando tecnologicamente avançadas casas seguras em todo o mundo. Professor tinha assumido o controle de Graymalkin e as casas seguras, realizando tarefas semelhantes às que teve como Nave. Graymalkin tinha controle total sobre cada parte de sua estrutura e poderia moldar salas, armas e veículos, conforme necessário e vários armazéns e peças. Ele foi capaz de projetar e executar programas de formação para Cable, bem como fazer alojamentos e áreas de oficina para ele. Graymalkin não só serviu de base para o Cable, mas também permitiu Cable de se teletransportar através do tempo e do espaço, com o Núcleo de Deslocamento Temporal (NDT). Cable simplesmente podia comandar o Professor para envia-lo "deslocando-o" para um determinado destino. Em Graymalkin, Cable também teve servos robóticos.

Matilha


A fim de entender as ameaças da era atual e obter finanças, Cable formou um grupo de mercenários chamados Matilha, e começou a vender suas avançadas armas do futuro. Com o tempo, Cable tornou-se íntimo com sua companheira de equipe, Dominó, e tornou-se muito rico. A Matilha foi principalmente contratada pelo Sr. Tolliver, um traficante de armas. Em uma missão no Afeganistão, a Matilha descobriu que Conflyto era encarregado de rotas do Sr. Tolliver e eles foram contratados para roubar os blindados armamentos soviéticos que estavam indo por outra rota. Depois de uma breve batalha, Conflyto e Zero teleportaram para longe. Cable desistiu da missão, para grande desgosto da equipe. Irritado, o Sr. Tolliver enviou agentes para matar a Matilha, mas foram derrotados. Em outra missão, a Matilha invadiu um centro de pesquisa da Hydra em busca de um componente roubado. Uma vez dentro, Hammer acidentalmente provocou uma falha de segurança e a imagem do Barão Von Strucker aparece em todos os lugares, ameaçando matar a Matilha, que rapidamente recuperou o dispositivo e tiveram seus corpos teletransportados. A Matilha mais tarde encontrou para quem eles estavam trabalhando, para IMA (Idéias Mecânicas Avançadas). Sentindo-se usados, a Matilha decidiu ir atrás de Conflyto no Uruguai. Depois de entrar em um bunker subterrâneo, a Matilha abriu caminho até a sala de controle, onde Hammer começou a fazer download de informações secretas de Conflyto em um CD. Enquanto esperava o disco terminar o download, Conflyto teleportou-se para trás de Kane e agarrou seu pescoço, exigindo à Hammer para dar-lhe o CD. Antes de Hammer poder dar o CD a Conflyto, Cable o atirou pelas costas. Conflyto agarrou o disco telecinéticamente e ativou a auto-destruição do bunker. Cable teleportou-se para longe, deixando a Matilha para se defenderem sozinhos.

Novos Mutantes


Após a Matilha ser dizimada, Cable voltou para o futuro muito ferido. No futuro, Cable descobriu registros que declarou Sam Guthrie, o Novo Mutante conhecido como Míssil, existia até pelo menos o século 23. Cable acreditava que Sam seria o próximo de um grupo de imortais, mutantes conhecidos como Altos Lordes ou X-Eternos. Cable voltou ao presente para tomar o comando dos Novos Mutantes e guiar a ascensão de Guthrie para os X-Eternos.
X-Force
Depois de se instalar em sua nova base nas montanhas de Adirondack, Feral teve uma sessão de treinamento intensa e Cable reconsiderou permitir que ela se juntasse a X-Force. A X-Force mais tarde ajudou Siryn na luta contra o Fanático e Black Tom Cassidy, que detonou uma bomba no World Trade Center. Depois da batalha, Cable foi surpreendido ao ver G.W. Bridge, ex-membro do Matilha, com a S.H.I.E.L.D. e tentar prendê-lo. Depois de voltar à base, Cable ofereceu filiação à Siryn na X-Force e ela aceitou. Mais tarde, a X-Force foi emboscada em sua base pela Irmandade de Mutantes, e o rosto de Cable foi rasgado por Espinho, revelando seu lado tecno-orgânico esquerdo a X-Force. Durante a batalha, Míssil foi empalado por Sauron e aparentemente morreu, mas voltou, sem saber o que aconteceu. Depois de explicar sua proposta imortalidade, a X-Force foi para a túneis Morlock com os corpos de Sauron e Masque e ameaçou-os, que eles nunca ajam contra a X-Force novamente. Depois que "Dominó" foi atacado por Deadpool, Cable soube que ela estava trabalhando para Tolliver e formou um plano de falsificar suas mortes. Antes de a base ser detonada, a X-Force foi atacado pela Arma Primordial, e "Dominó" reiniciou o temporizador, detonando a base inicialmente, separando Cable de seu esquadrão. Irritado com a traição de "Dominó", Cable teleportou a ambos em Graymalkin e perguntou ao Professor para recuperar a X-Force, mas ele não foi capaz, devido às altas assinaturas eletromagnéticas que os cercam, então Cable armou-se e levou a luta para Tolliver. Chegando na base de Tolliver, Cable baleou Pico Halfghanagan e encontrou a verdadeira Dominó, enjaulada. A Dominó impostora revelou ser Copycat e Dominó estava em cativeiro por mais de um ano. Após resgatar Dominó, a dupla lutou com Deadpool e Tolliver foi aparentemente morto em uma explosão de helicóptero. Enquanto ele teleportava-se para longe, Cable solicitou para Dominó rastrear a X-Force.

Cable ressurgiu para parar a Frente de Libertação Mutante, em um museu parisiense, ao matar Sumo. O FLM foi enviado para recolher uma antiga espada. Após deduzir que o FLM voltaria, Cable os emboscou e atirou nas mãos do Ceifador Mutante. Cable voltou para sua Casa Segura 14, no interior de Davosdorf, na Suíça, e foi atacado, por Kane, que lhe mostrou um holograma de Conflyto tirando sua máscara para revelar o rosto do Cable. Cable assegurou a Kane que ele nunca tinha visto Conflyto sem sua máscara e não tinha conhecimento da conexão. Os dois trabalharam juntos e planejaram rastrear Conflyto. Mais tarde, na selva de Yucatán, nos arredores de Cancun, Conflyto enviou Cable e Kane à uma armadilha e agarrou Kane por trás novamente. Conflyto tirou a máscara, revelando seu rosto à Cable. Conflyto exigiu o Professor de Cable, já que ele pertencia a Apocalipse, em troca de Kane. Cable concordou em trocar, depois de Kane ser entregue. Após Conflyto entregar Kane, Cable mostrou-lhe um CD e depois queimou. Depois de uma breve batalha, Cable agarrou Kane e teleportou-se para longe. Cable levou Kane para Applecrust, no futuro, onde eles foram capazes de melhorar suas próteses cibernéticas.

A Canção do Carrasco


Conflyto: Clone de Cable.
Desejando retribuir a todos que sempre o enganaram, Conflyto passou-se como o próprio Cable e publicamente fez uma tentativa de assassinato do Professor Charles Xavier, fundador dos X-Men. A bala de Conflyto tinha infectado o Professor Xavier com o vírus tecno-orgânico. Conflyto também pediu ao Sr. Sinistro para sequestrar Scott e Jean, em troca do material da genética familiar dos Summers. Desconhecendo os eventos atuais, Cable voltou para sua Casa Segura 14, e foi informado pelo Professor. Determinado a parar Conflyto, Cable invadiu o canadense Departamento K para aprender sobre o paradeiro de Conflyto, e lutou contra Wolverine e Bishop, que buscavam informações sobre Cable. Depois de decidirem trabalhar juntos, Cable teleportou o trio para Graymalkin, onde deduziu que Conflyto estava na velha base de Apocalipse na lua. Depois de ser dito voltar para a Mansão X, o trio decidiu ir em frente e lutou contra os soldados da Frente de Libertação Mutante e os Cavaleiros das Trevas. O trio se juntou a um pequeno grupo de X-Men, X-Factor, X-Force, e Apocalipse. Depois de Míssil repreendeu Cable para sair da X-Force, os heróis andaram em uma barreira de energia que só Cable e Destrutor podiam entrar. Dentro da barreira, Conflyto explicou a Cable que a razão que eles se pareciam era porque Cable era um clone de Conflyto, que era o filho de Scott e Jean. Cable e Conflyto teve uma batalha épica na Lua e Cable criou uma máquina, a partir de peças em seu braço cibernético, que Ciclope ativou, sugando a Cable e Conflyto em um vórtice temporal.

Cable sobreviveu, enquanto o corpo Conflyto foi aniquilado. No entanto, embora o corpo de Conflyto tenha sido perdido, um fluxo eletromagnético combinado com suas semelhanças genéticas resultou em Conflyto ainda ser ativo no corpo de Cable. O corpo de Cable foi encontrado no fluxo temporal, por agentes de Tyler, e restaurado, mas a consciência de Conflyto foi projetada na própria mente de Cable que lentamente tomou o controle, depois de Cable retornar à Terra. No entanto, apenas um deles era capaz de estar no controle, em qualquer momento dado, e somente quando uma frequência específica ocorrida alinhadamente poderia se dominar o outro. Os primeiros sinais da influência Conflyto era que Cable deixou crescer um cavanhaque e raspou os lados de sua cabeça. Cable voltou com Kane em Applecrust e ajudou o Clã Escolhido na luta contra um grupo de Linha Mortal. O Clã Escolhido decidiu mandar para casa Kane e destruir o Tinex, o nexo de viagem temporal, dentro das Cataratas do Niágara. Depois de abrir caminho para o núcleo, Cable pediu para falar com o Professor sobre Graymalkin e o computador anunciou que Graymalkin não existia, onde uma vez estava. Depois de encontrar Graymalkin, Cable decidiu seguir Kane para o núcleo e impedir quem quer que usou o Tinex pela última vez. Cable e Kane voltaram ao presente na parte sul do Oceano Pacífico, onde o NDT foi deixado após Graymalkin ser destruído. Enquanto no NDT, Cable e Kane começaram a beber cerveja e Kane perguntou a Cable sobre a sua conexão com Conflyto. Cable assumiu ser clone de Conflyto, já que o mesmo era mais poderoso. Depois de ligar-se a NDT, Cable deduziu que estava na Terra e, portanto, eles poderiam deslocar-se para qualquer lugar do planeta. Depois de voltar a Casa Segura 14, G.W. Bridge concordou em ajudar Cable a encontrar a X-Force, depois de discutir. O grupo viajou para a nova base da X-Force na Reserva Camp Verde e Cable foi atacado pelos ex-membros da Matilha, Hammer, Grizzly, e Dominó. Depois de a Matilha concordar em deixá-lo, Dominó ficou com Cable e conheceu a X-Force, dando-lhes uma explicação de quem ele era. Cable revelou que ele era o clone do filho de Scott, que tinha sido enviado para o futuro e Conflyto era o verdadeiro filho.

Pais e Filhos


Enquanto no local do túmulo de Madelyne, Sr. Sinistro revelou a Cable que ele a criou e que Cable era o Nathan Summers original. Sr. Sinistro em seguida, disparou uma explosão no Cable, afirmando que ele queria fazê-lo mais forte, e Conflyto afirmou controle total sobre a mente de Cable. Depois de Cable atacar os membros da X-Force, Rictor e Siryn, Conflyto foi a base subterrânea de Tyler, que havia capturado um membro da Askani, apenas conhecida como Irmã Askani. Agora ciente de quem Tyler era na verdade, o Sr. Tolliver, Conflyto pretendia começar sua vingança com ele. Tyler começou a contar o que Conflyto recentemente soube, que Conflyto era o clone, mas Conflyto não acreditou nele. Após Conflyto destruiu a forma de Askani, Tyler usou suas memórias para mostrar a Conflyto a verdade de suas origens, usando o seu poder mutante para dar projeção de memória física. Naquele momento, Ciclope, Jean, Professor X e Zero chegaram e lutaram com Conflyto. Através dos esforços combinados de Jean e Professor X, Askani implorou ao Conflyto para sair e o mesmo, sabendo que todas as esperanças da cura do Vírus Legado morreriam com ele, simplesmente permitiu a si mesmo ser expulso da mente de Cable. Tyler escapou invisível e Cable deixou Scott com questões não resolvidas, só querendo saber sobre sua mãe antes de sair.

Durante a noite de sua despedida de solteiro, Scott foi alertado de que havia um intruso na Sala de Perigo. Ele acabou por ser Cable, passando um holograma de quando foi dado à Askani por seu pai. Fato que originalmente fez Scott lamentar abrir mão de seu filho para sempre, Cable passou a respeitar seu pai, depois de ver um holograma da resposta de Scott depois de sua decisão e de uma breve batalha com Executor sobre o corpo de Emma Frost em coma. Na véspera do casamento de Scott e Jean, Cable e Ciclope reconciliaram-se.

Tyler foi eventualmente morto por Wolverine, quando Tyler tentou re-ligar o corpo de Wolverine ao Adamantium, mas o processo falhou e Wolverine brevemente entrou em um estado selvagem. A morte de Tyler nas mãos de Wolverine provocou um racha entre os dois, mas mais tarde chegaram a um entendimento.

Após este tempo, Cable experimentou um aumento significativo em suas habilidades telecinéticos, e o ressurgimento de suas latentes habilidades telepáticas. Ele próprio sobrecarregado durante um encontro com Nate Grey. Como resultado, Cable começou a perder mais de seu corpo ao vírus tecno-orgânico. Como resultado de a entidade conhecida como Massacre prejudicando toda a habilidade psiônica, Cable estava começando a sucumbir ao vírus tecno-orgânico, mas foi curado por sua própria força de vontade e da ajuda do jovem Franklin Richards. Durante a Psi-guerra, os potênciais de Cable foram severamente enfraquecidos. Blaquesmith o ajudou contra uma seita perigosa que tinham distorcido os professores Askani. Enquanto estava lá, Cable encontrou uma 'Psimitarra', arma que deixá-o canalizar seu poder psiônico restante.

Enquanto Ciclope estava desaparecido e dado como morto após os eventos dos Doze, Cable assumiu o lugar de seu pai como um membro dos X-Men. Depois de deixar Stacey Kramer, Cable sentiu o retorno de Conflyto e viajou com Blaquesmith ao Castelo de Destino na Latvéria, onde se encontrou com sua mãe, Madelyne. Após Cable e Madelyne lutaram para encontrar seu caminho dentro de uma pirâmide, Conflyto estava lá dentro e tinha capturado X-Man, da qual o poder psíquico Conflyto estava absorvendo. Depois que Nate voltou a si, Nathan o seguiu e, com Madelyne, lutaram contra Conflyto. Depois de Cable salvar Nate, os dois fugiram da pirâmide, Madelyne começou a considerar planos de dominação mundial de Conflyto, mas foi revelado que ela estava absorvendo energias psíquicas de Conflyto para capacitar Nate. Irritado, Conflyto começou a atacar Madelyne e Nate utilizou o aparelho do Dr. Destino sugando a pirâmide de Conflyto de sifonar e o próprio foi aparentemente morto na explosão resultante.

O assassinato do senador Robert Kelly, apesar de seus melhores esforços, e da morte de Moira MacTaggart perturbou muito Cable. Uma conversa séria com Noturno pareceu reacender sua paixão.

Cable foi finalmente capaz de destruir Apocalipse com a ajuda de Jean Grey, atravessando o vilão completamente com sua Psimitarra depois que ele foi dividido de Ciclope. No entanto, Cable continuou seu sentimento de missão que o futuro ainda não é seguro.

Cable foi brevemente preso entre dois possíveis futuros com base em uma tentativa de assassinato em Randall Shire. Cable salvo o Condado, mas também revelou que sua campanha foi uma falácia, evitando assim os dois futuros. Nesta missão, Cable foi ajudado por um mutante chamado Clareza. Clareza logo revelou ser a Mãe Sombria de uma família de médiuns femininos chamada de a Irmandade Negra. Elas alegaram que foram responsáveis por garantir que os médiuns poderosos o suficiente seriam criados para garantir seu domínio através dos séculos, incluindo Jean Grey. As irmãs usaram seus poderes para a atividade criminosa, na esperança de usurpar o mundo. Cable, G.W. Bridge, e a recem-retornada Rachel Summers derrotaram as irmãs e destruiu sua coleção de dados.

O lançamento da cura do Vírus Legado enfraqueceu o vírus tecno-orgânico. No entanto Cable, agora chamado de Soldado- X, em grande parte reteu o uso de seus poderes aumentados temendo tornar-se incontrolável. O vírus eventualmente reparou-se e reduplicou-se.

Salvador


Cable, então alcançou o auge de seus poderes. Sabendo que esta não poderia durar muito tempo antes que ele deteriorasse, como X-Man quase fez nesses níveis de energia, ele conseguiu o que ele pensava ser a melhor coisa que ele poderia fazer em seus últimos dias. A tentativa de unir o mundo, Cable reuniu as peças que faltam de sua estação espacial a muito destruído, Graymalkin, de todo o mundo para criar telecinéticamente a flutuante Ilha da Providência acima do Oceano Pacífico Sul. Cable também restaurou uma variação de seu núcleo de deslocamento temporal, NDT, a matriz de teletransporte, que permitiu que ele se teletransportar em todo o mundo. Embora, esquecendo-se de que eles haviam se fundido em nível genético, fez com que a matriz de teletransporte a bordo registrasse Cable e Deadpool como um e eles se teletransporam-se fundindo ambos, não se lembrou de deslocar os dois separadamente. Cable aceitou toda e qualquer pessoa a viver em sua ilha flutuante. Várias milhares das maiores mentes do mundo, de cientistas à filósofos, filantropos, escritores, aceitou o convite de Cable. Cable tentou trazer as soluções pacíficas do Clã Askani ao seu povo.

Apesar de suas intenções, os governos do mundo e a S.H.I.E.L.D. se cansaram. A S.H.I.E.L.D. primeiro enviou uma nova equipe da Matilha, de forma agressiva reconhecer Providência, mas Cable mostrou-lhes a cidade e ofereceu-lhes para ficar. Depois de Cable teletransporta-se para o Helicarrier da S.H.I.E.L.D. e exigiu que os governos do mundo destruissem suas armas, o governo americano enviou jatos e dispararam 247 mísseis, que deixaram Cable com um escudo telecinético e canalizou-os para fora da atmosfera da Terra. Enquanto isso, Cable contratou Deadpool para juntar as peças de um mini-teletransportador que eles poderiam usar para detê-lo, sem saber muito bem o que era. Em seguida, os X-Men foram enviados, mas depois de Cable falar com o seu pai, a batalha parou. Cable confessou a Ciclope, após Deadpool recusar-se a desempenhar o seu papel e desativar ele, ele queria matá-lo e que ele sabia que estava prestes a queimar-se. Cable afirmou que queria dar um exemplo de como o mundo poderia trabalhar em conjunto, mesmo que fosse contra ele. Naquele momento, Fury contactou o Sr. Fantástico e perguntou ao Surfista Prateado para parar Cable. A batalha entre o Cable e o Surfista Prateado vaporizou seções da Providência, mas eles colocavam tudo de volta juntos e ao mesmo tempo. Após o surfista destruir grande parte do lado esquerdo do Cable, Providência começou a cair. Com Providência preparada para cair no oceano, Deadpool teleportou Cable para a Casa Segura 14 e, a seu pedido, usou o teletransporte para lobotomizar ele. A Garota Marvel começou a baixar a ilha, mas Cable recuperou o controle e abaixou a ilha no oceano e deu uma mensagem final para o mundo.

Enquanto ele estava em coma e com muitas pessoas ao redor do mundo agora se referindo a ele como "O Salvador", Deadpool contratou o Fixador de vínculo da malha tecno-orgânico benigna para Cable, salvando-o, embora ele continua bastante enfraquecido.

Pouco tempo depois, Cable desapareceu ao matar um animal de caça-mutante chamado Skornn na cabeça em uma tentativa de reformar a X-Force. Em seguida, Míssil e Siryn viajaram para Providencia com Forge no para tentar encontrar qualquer vestígio dele, e se ele sobreviveu. Na mesma época, Deadpool, tendo sofrido uma lavagem cerebral por um corretor de informação supervilão chamado Caixa Preta para matar a "maior ameaça para a humanidade", teleportou-se para Providência para encontrar e matar Cable, que ele achou como a maior ameaça sobre-humana. Depois de Míssil e Siryn terem se acalmado, ele sugeriu usar seu link de teletransporte com Cable para encontrá-lo e Forge construído um chicote de fios para permitir que os dois membros da X-Force segui-lo.

Eles passaram então a viajar através de três mundos alternativos, Terra-5701 onde o Cable havia se tornado um Cavaleiro da Guerra; um Cavaleiro do Apocalipse, um onde o Irmão Nathan tinha sucedido em sua missão como messias e se tornou um ditador benevolente (onde até mesmo indigestão leve foi imediatamente tratada com ajuda externa), e uma falange onde tinha se tornado a consciência central de uma infestação de Falange da Terra.
Segunda infância
Finalmente, eles desembarcaram na realidade da Dinastia M e encontraram um Cable infantil que está sendo criado pelo Sr. Sinistro (Dinastia M), marginalizado em uma fazenda. Sinistro citava um trecho do sistema imunológico de Deadpool para acelerar o desenvolvimento físico do Cable, no entanto, isso também causou poderes quase imediatamente manifesto, e o Cable infantil atacou-o indiscriminadamente com sua telecinese recém-descoberta. Antes de o Senhor Sinistro (Dinastia M) podesse recuperar o controle sobre Cable, Deadpool pegou e teletransportou o bebê segundo antes que o mundo voltou da Dinastia M para a realidade do universo Marvel normal. Desde que os dois estavam em trânsito quando a reversão ocorreu, Cable não foi afetado e, portanto, ainda era uma criança quando Deadpool voltou com ele para Providência.

Lá, quando Forge realizou testes e discerniu que a criança era, de fato, o Cable real, a lavagem cerebral de Deadpool ativou mais uma vez e ele tentou matar Cable. Siryn e Míssil atrasou-o até Deadpool dar-se um tiro na cabeça. Conforme Cable rapidamente envelhece para meados da adolescência, ele lê a mente de Deadpool e descobriu que tinha uma lavagem cerebral nele. Com a X-Force, foi enfrentar Caixa Preta, Cable decidiu que queria ter sua memória restaurada para curar os danos cerebrais de Deadpool, mesmo que isso lhe custe mais uma vez seus poderes. Ele conseguiu, apesar da X-Force encontrar apenas uma caixa de LMD Preto em sua base e ele logo voltou para sua idade original, parando assim seu envelhecimento acelerado.

Revitalização de Apocalipse e Rumekistan


Cable também revelou que ele era o responsável pelo renascimento de Apocalipse na Dinastia M, afirmando que a comunidade precisava de uma poderosa ameaça mutante ao ranking novamente. Acreditando que os X-Men, inevitavelmente, derrotassem Apocalipse mais uma vez trazendo o restante da comunidade mutante unidos, Cable julgou que "os riscos valem a recompensa".

Cable era ativo na revolução de Rumekistan e aliou-se com o Capitão América na oposição à Lei de Registro Super-Humana.

Cable foi traído e levou um tiro na parte de trás da cabeça por Deadpool no sistema de esgoto do país de Rumekistan. Cable foi deixado fora do esgoto, porque, como Deadpool afirmou: "Mesmo eu não iria deixar um cara em um esgoto." Cable foi encontrado por alguns dos cidadãos do país, que o levou para o hospital principal, onde ele pegou o poder ao redor de si, devolvendo a eletricidade para o país (que tinha sido levado por Deadpool em parceria com Matilha anteriormente) e capturou a nova Matilha, ordenando Deadpool fugir de seu país, aprisionando G.W. Bridge, Anaconda Solo e Hammer com a intenção de libertá-los depois, e tendo em Dominó como sua amante mais uma vez.

Durante a Guerra Civil Super-Humana, em que certos heróis se rebelaram contra o ato de registro, Cable escolheu lado do Capitão América opondo-se a SHIELD na Casa Segura número 23. Ele teve uma reunião com o Capitão América e lhe ofereceu o santuário, mas quando o Capitão América recusou a oferta, ele se juntou aos seus "Vingadores Secretos". Ele deixou os Vingadores Secretos após a morte de Golias.

Cable voltou aos X-Men, como parte de uma nova equipe, que consistiu em Vampira, Homem de Gelo, Míssil, Lady Mestra Mental, Dentes de Sabre e Mística. Cable aparentemente morreu quando Gambit e Solaris detonaram Providência.

Complexo de Messias


Cable realmente sobreviveu, e ressurgiu em posse da menina, o primeiro bebê mutante a nascer após o Dia-M. Os X-Men, Carrascos e os Purificadores estavam procurando a criança. Isso colocou Cable em conflito com o Bishop, os X-Men, e a nova X-Force. No final, Cable convenceu Ciclope para lhe permitir levar o bebê para o futuro. Mesmo no futuro, Bishop foi capaz de encontrá-los, mas Cable escapou com a ajuda do futuro Sam Guthrie.

Cable refugiou-se no futuro no paraíso isolado de Nova Liberdade, onde o Cable se casou com uma residente chamada Esperança, que mais tarde morreu defendendo a “filha” (a bebê mutante). Cable decidiu nomear a criança como Esperança, em honra a sua falecida madrasta. Esperança e Cable foram separados no tempo, aparecendo no mesmo local, mas em anos diferentes. Quando Cable chegou ao local, ele apareceu dois anos depois de Esperança, e foi progressivamente perdendo o controle de seu corpo devido ao vírus tecno-orgânico dentro dele. Ele alterou tanto sua aparência que Hope não reconheceu o rosto do Cable. Eventualmente, Bishop, usando seu codinome como uma forma de retratar a si mesmo como uma figura santa, avançou sobre eles, e Cable e Esperança comandou a último nave que o planeta tinha, o Ensahabnur I, com Cable posando como Conflyto. Cable forçou Esperança a abandonar Emil, o rapaz que a ajudou a sobreviver sem ser detectada por dois anos, deixando Esperança perturbada. Bishop, armado com um dispositivo termonuclear no coto de seu braço, decidiu fazer sua própria nave, sabendo que seria apenas uma questão de tempo.

Em algum ponto durante sua viagem Esperança acidentalmente traiu Cable e ele foi preso. Bishop e Emil finalmente chegaram até Cable e Esperança na última nave a deixar a Terra, Emil da impressão de que havia seqüestrado Cable e Esperança, e que Bishop era seu verdadeiro pai. Bishop armado com o dispositivo termo-nuclear, planejou ativar logo que visse Esperança. Enquanto Bishop e Emil invadiu a Ensahabnur I, Emil e Esperança reencontraram-se e ela explicou que o Bishop estava, na verdade, tentando matá-la.

Durante a invasão do Bishop o Ninhada, atraidos ao poder de Esperança, atacaram os dois navios, distraindo Bishop. Tanto Cable quanto Bishop lutaram contra a Ninhada, Cable sendo engolido por um Acanti, mas escapou usando sua costela como uma espada e cortando-o por dentro, forçando o Acanti a regurgitar ele.

Esperança e Emil fizeram o seu caminho para duas micro-naves, a Terraformação, que facilitaria sua fuga. Emil colocou Esperança na micro-nave contra a sua vontade, já que ela se recusava a deixar Cable. Como Emil estava preparando a segunda micro-nave, Cable apareceu e Emil o deu a Cable, sacrificando sua própria vida.

Depois que Cable e Esperança haviam deixado Emil junto a Bishop com sua arma termo-nuclear, detonando momentos antes que ele pudesse ser atacado por um Sleazoid. No entanto Bishop escapou, permitindo-se a ser absorvido por um Acanti, e dois anos mais tarde, ele tinha seguido Esperança e Cable dentro de suas terraformações.

Segundo Advento


Quando a Esperança, agora adolescente, queria voltar ao passado, Cable relutantemente concordou. Eles conseguiram fazera viagem de volta para o presente, apenas para serem atacados pelo Conselho Humano de Bastion. Esperança escapou com Vampira, e Cable lutou ao lado dos X-Men mais uma vez.

Mais tarde, Cable sacrificou sua vida para trazer Wolverine e sua equipe de X-Force (Arcanjo, Cypher, X-23 e Dominó) para São Francisco no ano de 2010 por entrar no portal temporal que Bastion estava usando para enviar seus Sentinelas Classe Nimrod ao supracitado ano (que só permitia que entidades tecnológicas passassem e destruiam qualquer coisa remotamente orgânica) e, finalmente, permitindo que seu vírus tecno-orgânico finalmente infectasse-o completamente. Mas o esforço de manter o portal para trazer a equipe de ataque para casa permitiu que o vírus tecno-orgânico tomasse posse dele fazendo com que ele explodisse e assim o matando, deixando apenas seu braço tecno-orgânico deixado para trás.

Vingadores: Sanção-X


Mas, na verdade, Cable escapou para o futuro, onde se encontrou com Blaquesmith, que lhe disse que o mundo entrou em colapso porque os Vingadores mataram Esperança. Juntos, eles foram para a Mansão dos Vingadores onde encontraram muita tecnologia anti-mutante. Eles, então, voltaram ao presente a fim de caçar os Vingadores antes do vírus finalmente consumi-lo. Embora ele conseguisse derrotar vários Vingadores, ele acabou sendo retirado e levado para Utopia por Ciclope. Lá Blaquesmith convenceu Esperança que ela pode curá-lo e o fez, levando o vírus para dentro de si e destruindo-o com as chamas da Fênix, assim, finalmente, Cable estava livre do vírus tecno-orgânico. No plano astral Cable fez Ciclope prometer que ele faria o que fosse preciso para proteger Esperança quando os Vingadores viessem atrás dela, e prometeu-lhe a sua ajuda na vindoura guerra.

Cable & X-Force


Após a guerra entre os Vingadores e os X-Men, Cable acordou de seu coma em uma Utopia abandonada, deixando uma nota à Esperança dizendo-lhe para não segui-lo.

Poderes e Habilidades


Cable é uma criança mutante filho de dois mutantes poderosos, portanto, um poderoso telepata e telecinético em seu pleno potencial. Embora, quando criança, Cable foi infectado com o vírus Tecno-orgânico e, na maior parte de sua vida, teve que inconscientemente manter o vírus, que tinha devastado a metade esquerda de seu corpo, de fazer o mesmo com o lado direito. Recentemente, seu corpo estava completamente curado do vírus por Esperança Summers, desde então vem demonstrando a habilidade telepática, não se sabe até que ponto ou até mesmo se todos os outros re-emergirão.

Ao passo que Cable foi envelhecendo ele perdeu a maioria de seus poderes, no entanto, quando ele rejuvenesceu, lentamente recuperou seus poderes, juntamente com novos poderes e habilidades.

Telepatia


Capacidade de ler mentes e projetar os pensamentos dos outros.
  • Ilusões telepáticas:

    Ele pode criar ilusões telepáticas realísticas e levar as pessoas a experimentar eventos que não estão realmente ocorrendo.
  • Manto telepático:

    Ele pode mascarar a sua presença e usar suas habilidades sem ser detectado. Pode estender essas defesas para os outros ao seu redor. O disfarce via telepatia não é perfeito e poderosos psíquicos podem notar e "ver" através desta capacidade.
  • Ligação mental:

    Capacidade de desenvolver uma ligação mental com qualquer pessoa que mantém relação a esse indivíduo.
  • Camuflagem telepática:

    Capacidade de mascarar sua presença de outros ao seu redor. Pode disfarçar-se telepaticamente, tornando sua aparência para aqueles em torno dele bem diferente.
  • Controle da Mente:

    Pode controlar os pensamentos e ações dos outros.
  • Armadilha mental:

    Capacidade de assumir a mente de outra pessoa a partir de seu corpo efetivamente prendendo a mente dentro de sua própria.
  • Posse Mental:

    Pode possuir a mente de outra pessoa, e usar esse corpo como seu próprio.
  • Alteração mental:

    Capacidade de alterar as mentes dos outros pela força de vontade.

    Amnésia Mental:

    Capacidade de causar a perda de memórias particulares e amnésia em outras pessoas.
  • Escudo psiônico: Capacidade para erguer um escudo psíquico para proteger a si mesmo e outras mentes.
  • Explosão psiônica:

    Pode projetar parafusos de força psíquicos que não têm efeitos físicos, mas que podem afetar a mente da vítima de modo a causar a dor ou inconsciência e pode até matar um adversário.
  • Projeção Astral:

    Capacidade de viajar no plano astral e comunicar-se com os outros astralmente através de sua própria vontade ou por meio de contato com os pensamentos e memórias de outros.
  • Detecção mental:

    Pode sentir a presença de outro mutante super-humano dentro de uma grande área, mas ainda indefinido onde exatamente está, por perceber as radiações mentais distintas emitidas por várias pessoas. Em seu auge, Nathan é forte o suficiente para sentir uma estática mental à um continente de distância.
  • Transferência mental:

    Capaz de transferir a mente e poderes e abrigar em outros corpos, se seu próprio corpo físico for, de alguma forma, morto.

Telecinésia


Lhe permite manipular a matéria com a energia de seus pensamentos. É capaz de controlar delicadamente os objetos, incluindo si mesmo. Em níveis maiores, pode levitar grandes pesos, até centenas de toneladas, mas o seu limite máximo permaneceu desconhecido. Em seu auge, Nathan poderia extinguir uma estrela com algo menos do que um esforço consciente.
  • Aptidão intuitiva:

    Pode desmontar dispositivos explosivos complexos (separando cada componente, tais como parafusos, porcas, placas de circuitos, etc) e, tão rapidamente, facilmente montar dispositivos complexos. Isso também lhe permitiu ainda atingir a consciência e o controle sobre objetos tão pequenos quanto os elétrons individuais em um átomo.
  • Alteração de matéria:

    Capacidade de alterar a estrutura molecular e atômica em substâncias com seus próprios componentes tecno-orgânicos (embora isso possa ser uma função da telecinese, ao contrário de um poder sobre-humano discreto), e a capacidade de alterar valências moleculares.
  • Spikes psiônicos:

    Capacidade de criar picos psiônicos destrutivos que destroem os objetos físicos da qual entram em contato.
  • Campos de força:

    Capacidade de criar escudos de força de proteção que pode desviar até mesmo o mais poderoso dos ataques (até mesmo bactérias do filtro do ar). Os limites superiores dessa habilidade permanecem desconhecidas. Cable também tem apresentado tal controle sobre os campos ao ponto de moldá-los com precisão, até mesmo para se ajustar próximo a forma de seu corpo.
  • Explosões concussivas:

    pode projetar energias telecinéticas como poderosas vigas explosivas que poderiam, aparentemente, afetar a matéria com a força da concussão.
  • Vôo Telecinético:

    Levitando a si mesmo ele pode "voar" à distâncias muito longas e em variadas velocidades.

Viagem no Tempo:


Sugerido usar o poder psiônico para deslocar a si e outros em qualquer ponto específico no fluxo do tempo, gerando energias cronais. Poderia aparentemente viajar em forma astral também. Cable usou essa capacidade uma vez com assistência e pode já não ser capaz de fazê-lo.

Antigos Poderes



Habilidades

  • Mestre em Combate;

  • Inteligência duper-dotada;


Nível de Força


Classe 10; braço esquerdo possui força sobre-humana, e ele pode aumentar através da sua telecinese. Sem o braço mecânico, e aumentado telecinéticamente, possui força à nível de atleta.

Equipamentos

  • Objetivo Dominus:

    Dá-lhe acesso à Infonet.
  • Cone Silêncioso:

    Protótipo de campo de força.
  • Armas:

    Rifles de alta potência de plasma, explosivos, um par de facas, e uma Psimitarra.
  • Escudo do Capitão América:

    Usado no século 37, início de 39, como uma ferramenta contra Apocalipse.

Leitura Recomendada

  • Esposa morreu, filho capturado (Cable #01, 1993);
  • Primeiro retorno ao presente (Cable #01, 1997);
  • Conheceu Wolverine (Wolverine / Cable: Guts and Glory, 1999);
  • Reorganiza os Novos Mutantes em X-Force (New Mutants #100 / X-Force #01, 1991);
  • Resgatou Ciclope e Jean de Conflyto (X-Force # 18, 1993);
  • Reuniu-se com o pai (Cable #08, 1994);
  • Reunido como um dos Doze, Vs Apocalipse (Cable #74-75, 1999-2000);
  • Apocalipse aparentemente destruído no presente (X-Men: Search for Cyclops #04, 2001);
  • Versus Arma X (Weapon X # 6-13, 2003);
  • Procurou salvar mundo, Vs SHIELD, X-Men e Surfista Prateado, lobotomizado, fundiu-se com TO embrião, poderes restaurados (Cable & Deadpool #7-12, 2004-2005);
  • Reformou a X-Force, vs Skornn, essência espalhada (X-Force #1-6, 2004-2005);
  • Essência recolhida e restaurada (Cable & Deadpool #15-18, 2005).
(Resposta editada pela última vez em: 01-12-2017 08:42 AM por felipe.fp.)
Citar
                               
Relacionamentos
Oscar Summers (ancestral paterno adotivo distante, falecido);
Daniel Summers (antepassado distante paterno, falecido);
Amanda Mueller (Útero Negro) (antepassada distante paterna);
Philip Summers (bisavô paterno);
Deborah Summers (bisavó paterna);
Christopher Summers (Corsário) (avô paterno, falecido);
Katherine Summers (avó paterna, falecida);
John Grey (avô de criação maternal, falecido);
Elaine Grey (avó de criação maternal, falecida);
Scott Summers (Ciclope) (pai);
Madelyn Pryor-Summers (Rainha Vermelha) (mãe / clone da madrasta);
Jean Grey (Fênix) (mãe adotiva/mãe por procuração);
Alexander Summers (Destrutor) (tio paterno);
Gabriel Summers (Vulcano) (tio paterno, falecido);
Cal'syee Neramani (Rapina) (tia paterna);
Sara Grey-Bailey (tia de criação materna, falecida);
Paul Bailey (tio de criação materno, falecido);
Julia Grey (tia de criação materna, falecida);
Roger Grey (tio de criação materno, falecido);
Liam Grey (tio de criação materno, falecido);
Aliya Dayspring (Jenskot) (1ª esposa, falecida);
Esperança Summers; (2ª esposa, falecida)
Esperança (ex-cunhada);
Tyler Dayspring (Gênesis) (filho de criação, falecido);
Esperança Summers (filha adotiva);
Gailyn Bailey (primo de criação materno, falecido);
Joseph Bailey (primo de criação materno, falecido);
Adam Neramani (X- Treme) (primo paterno, suposto meio-tio);
Conflyto (clone, falecido);
Rachel Grey (Garota Marvel) (meia-irmã paterna de realidade alternativa);
Rachel Summers (Madre Askani) (meia-irmã paterna de realidade alternativa, falecida);
Nathaniel Grey (X-Man) (meia-irmão paterno de realidade alternativa).
   
Criado por
Chris Claremont
Rick Leonardi
Louise Simonson
Rob Liefeld

Avaliação dos Usuários Para Cable (Nathan Summers)
Ajude a comunidade a crescer avaliando a qualidade deste artigo!
Avaliação Média :
  • 6 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Total de Votos : 6

Comentários dos Usuários Sobre Cable (Nathan Summers)
Offline Sr.Meliante - 13-02-2013, 09:35 PM
Resposta: #2
Palmas Bem completa, trabalho excelente
Buscar Citar
Offline felipe.fp - 13-02-2013, 09:40 PM
Resposta: #3
Excelente artigo Palmas
WWW Buscar Citar
Offline Kadosh - 15-02-2013, 03:21 AM
Resposta: #4
Artigo fantástico. Aprovado
Buscar Citar
Offline julianobueno - 23-02-2013, 07:27 PM
Resposta: #5
tá muito ruim essa tradução! tem muitos erros de coesão textual, o testo está simplesmente intragável. até me ofereço para reescrever, pq apesar de conter muita informação, está muito ruim de ler.
Buscar Citar
Offline maumaux1977x - 25-02-2013, 10:59 PM
Resposta: #6
Pasmei!!!!
Buscar Citar



Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas: Visualizações: Última Resposta
  Ciclope (Scott Summers) ClarkVanzeler 2 7,995 19-07-2017 04:56 PM
Última Resposta: Moisés Ribeiro
  Destrutor (Alex Summers) Knight Rider 5 9,621 27-11-2013 06:03 PM
Última Resposta: ClarkVanzeler
  Corsário (Christopher Summers) ClarkVanzeler 12 16,977 27-07-2013 06:11 PM
Última Resposta: Sr.Meliante
  Madre Askani (Rachel Summers) ClarkVanzeler 3 4,206 03-06-2013 01:41 AM
Última Resposta: ClarkVanzeler
  Imperador Vulcano (Gabriel Summers) ClarkVanzeler 3 7,861 25-05-2013 12:50 PM
Última Resposta: ClarkVanzeler

Ir ao Fórum:

© 2007-2012 SoQuadrinhos

Página desenvolvida por Knight Rider