SoQuadrinhos
Apocalipse (Terra-616) - Versão para Impressão

+- SoQuadrinhos (http://soquadrinhos.com)
+-- Fórum: Biblioteca (/forumdisplay.php?fid=3)
+--- Fórum: Enciclopédia de Personagens (/forumdisplay.php?fid=4)
+--- Tópico: Apocalipse (Terra-616) (/showthread.php?tid=55474)



Apocalipse (Terra-616) - felipe.fp - 23-08-2016 02:56 PM

História



" Paz não faz nada para testar - para AUMENTAR - a força dos mutantes. Para forçá-los a evoluir para os mais fortes. " -- Apocalipse



O Número Um



En Sabah Nur nasceu há quase cinco mil anos atrás em um assentamento isolado na beira de Amentet e na beira do Vale dos Reis, no antigo Egito, como um membro de uma tribo em Akkaba. Mesmo como uma criança, ele inspirava medo, tendo nascido com a pele cinza e com linhas azuis percorrendo seus lábios e rosto. Feio e malformado, o bebê foi abandonado pela tribo, para morrer no severo sol do deserto. No entanto, fora do deserto, os Ratos do Deserto, um bando itinerante de temidos assaltantes nômades, abateram os cidadãos de Akkaba. Seu líder, Baal, das Areias Escarlates, encontrou a criança chorando e reconheceu o poder em potencial dela. Baal nomeou a criança de En Sabah Nur, que significa literalmente "O Número Um", e criou como seu próprio filho. (Ascensão do Apocalipse #1)

Sobrevivência do mais forte



Rito de passagem de En Sabah Nur
Conforme Nur crescia, ele superou os outros membros da tribo em inteligência e força. Todos na tribo, com exceção de Baal, odiava e temiam Nur inumana e suas grandes habilidades. Nur não entendia o medo deles, mas endureceu o seu coração contra ele. Além disso, Nur acreditava no princípio pelo qual Baal e a tribo viviam, que só os mais fortes, resistente, cruéis e impiedosos, testados por dificuldades, iriam, e deveriam, sobreviver. Nesta época, o Egito era governado pelo Faraó Rama-Tut. No dia de seu rito tribal de passagem para a idade adulta, aos dezessete anos de idade, Nur matou três guerreiros armados da tribo usando apenas as mãos e Baal o explicou que Rama-Tut não era um deus, como a maioria acreditava, mas um homem, que havia chegado em uma esfinge. Baal levou o jovem Nur para uma caverna sagrada, cuja entrada foi bloqueada por um desabamento, prendendo-os no subterrâneo.(Ascensão do Apocalipse #1) Após uma semana vagando sem comida ou água, eles encontraram os restos da nave do tempo de Rama-Tut, dentro de uma tumba egípcia subterrânea. Baal disse a Nur que ele acreditava que ele era um conquistador, cuja vinda foi anunciada em antigas profecias, e que Nur estava destinado a derrubar Rama-Tut. Após Baal morrer por desnutrição, Nur, cuja fisiologia mutante o manteve vivo, jurou vingar-se de Rama-Tut e reivindicar seu destino. Quatro semanas mais tarde, Nur finalmente fez o seu caminho de volta para a superfície e foi encontrado por Logo, o grão-vizir de Rama-Tut, que lhe deu água e o escondeu como um escravo. Nur estava determinado a matar Rama-Tut e seu chefe militar, Ozymandias, pela parte deles na morte de Baal. (Ascensão do Apocalipse #2)

Escravizado e Sozinho



Enquanto um escravo, Nur manteve seus lábios desfigurados constantemente cobertos e Nephri, irmã de Ozymandias, tornou-se atraída pelo misterioso escravo.(Ascensão do Apocalipse #2) Eventualmente, Nur teve uma visão do deus egípcio da morte, Seth, o qual lhe pediu para se tornar um conquistador e Nur foi jogado em um poço de cobras, mas sobreviveu quando seus poderes sobre-humanos foram ativados. Nur cresceu em tamanho e força e foi atacado por guardas, mas derrotou todos eles.

De Escravo para Conquistador



Em uma época em que muitos super-heróis viajantes do tempo, incluindo o Quarteto Fantástico, os Vingadores da Costa Oeste e o Dr. Estranho, chegaram ao Egito de Rama-Tut, o Faraó finalmente ficou cara a cara com Nur. Na realidade, Rama-Tut era um viajante do tempo do futuro distante, o qual mais tarde seria conhecido como Kang, o Conquistador. Tut sabia que Apocalipse, um dos mutantes mais poderosos que já viveram e aquele que estava destinado a governar o mundo, havia nascido no Egito antigo. Por isso, Rama-Tut havia voltado no tempo para encontrar Apocalipse como uma criança, educá-lo e assim se tornar o mestre do ser mais poderoso do planeta.(Ascensão do Apocalipse #3) Rama-Tut ofereceu tornar Nur seu herdeiro, se ele jurasse lealdade a ele. Nessa época, Nur revelou o rosto para Nephri, a qual o rejeitou por sua aparência. Rama-Tut então tentou matar Nur, quando ele se recusou a jurar lealdade. Nur foi então baleado pelo Faraó, com a mesma arma que ele usou para remover os poderes do Quarteto Fantástico, e foi novamente deixado para morrer, mas sobreviveu com o surgimento repentino de sua imortalidade mutante e seu deslocamento de massa. Com seus poderes queimando, Nur derrotou Ozymandias e o próprio Rama-Tut, o qual finalmente escapou de volta para o futuro, eventualmente assumindo a identidade de Kang. O Quarteto Fantástico voltou para sua época, pensando que a explosão era uma armadilha. Nur atacou Ozymandias e ele foi atirado na tecnologia da Esfinge de Tut, o que o transformou em um ser semelhante de areia, o qual podia ver o futuro logo antes de ele acontecer e iria registrar as realizações de Nur ao longo do tempo, como seu escriba. Nur em então reivindicou a esfinge de Tut.(Ascensão do Apocalipse #4)

Apocalipse mais tarde juntou forças com a Brotherhood of the Shield para acabar com a invasão da Ninhada. Também estavam presentes Imhotep e Khonshu.(S.H.I.E.L.D. #1)

Clã Akkaba e os Cavaleiros das Trevas



As várias formas de deus que Apocalipse assumiu durante os séculos
Quando Nur compreende plenamente o seu poder e derrotou o Faraó e seu exército, o Egito entrou em uma nova era, na qual seus filhos andavam entre eles. Os descendentes de Nur receberam uma parte do seu poder, os mais próximos tendo habilidades quase idênticas. Nur forjou seu clã, agora chamado Clã Akkaba, com base no seu local de nascimento e naqueles que haviam o abandonado e deixado para morrer. Durante esta época, o lugar dos Akkaba passou por um renascimento, como grandes monumentos sendo erguidos lá, seja por Nur, seus descendentes, ou pelo novo Faraó que ninguém conhecia. O Egito atingiu o seu auge, e assim também fez a influência do clã sobre o mundo. Com ataques de Alexandre, o Grande, e seus exércitos Persas, Nur e sua família lutaram bravamente em uma batalha que ele nunca esqueceria. Esta batalha ajudou Nur a remover os fracos em seu clã e, como o Egito se tornou nada mais do que uma memória distante para a influência do clã, Nur se mudou para antiga Roma. Antes de partir, Nur revisitou Nephri, agora uma antiga rainha Egípcia, e zombou de sua beleza moribunda, já que ele ainda estava como era anos atrás.

A partir de então, Nur planejou a conquista do planeta, causando guerras e conflitos, onde os fortes iriam derrotar e destruir os fracos. Ao longo dos séculos, Nur foi adorado por muitas civilizações, sob uma variedade de nomes. Nur também fundou um grupo de fanáticos dedicados aos ideais Darwinianos que o forte ("apto") deveria herdar a Terra e o fraco ("inapto") deveria ser abatido, os nomeando de Cavaleiros das Trevas.

A Nave Celestial



Séculos mais tarde, em 1150 D.C., em Ho-Lo Shan, as Montanhas do Norte da Mongólia, China, Nur ouviu falar de um governador, que era alimentado por uma imensa Nave alienígena que havia caido, e o procurou como outro imortal. Em um confronto, Nur matou todos os guardas de Garbha-Hsien. Garbha-Hsien então tentou humilhar seu companheiro 'eterno', ao revelar a secreta embarcação titânica. Tendo tido experiência anterior com tecnologia futurista, Nur atacou Garbha-Hsien e deixou o outro imortal para morrer. Não compreendendo como matar um imortal, Garbha-Hsien sobreviveu e fugiu. Após derrubar Garbha-Hsien, Nur entrou na nave e viveu nela por muitos anos, não compreendendo totalmente como se comunicar com ela ou controlá-la. Usando hieróglifos antigos, Nur construiu uma grande Esfinge em torno da nave por conta própria, e começou a ouvir uma voz dentro de sua cabeça. A voz pertencia ao Celestial, Eson, o Pesquisador, o qual falou através de telepatia e chamou Nur de Apocalipse. Eson presenteou Nur com a proposta de utilizar a tecnologia na Nave para moldar o destino do mundo, ou simplesmente sair e nunca se lembrar de nada. Nur aceitou e Eson afirmou que um dia, talvez em séculos ou milênios, os Celestiais viriam pelos pagamentos dos seus presentes. Pouco depois de encontrar a Nave, Nur e seus Cavaleiros das Trevas foram constantemente atacados, por um jovem guerreiro com uma espada e escudo chamando a si mesmo de o Viajante.

Imortalidade



Depois de anos enviando assassinos e lutando contra o Viajante, Nur danificou o braço cibernético do Viajante e, durante a confusão, o Viajante puxou uma arma e atirou na cabeça dele. Depois de recolocar o braço Tecnorgânico, o Viajante foi aceito como o novo líder dos Cavaleiros das Trevas, mas recusou. O Viajante virou-se para Ozymandias e o instruiu a lembrar que sempre haverá alguém mais esperto e forte ao redor e que ser apto para sobreviver significa ter a responsabilidade de ajudar aqueles que não são. Sem que o Viajante soubesse, o seu sangue Tecnorgânico infectado se misturou com o de Nur, enquanto limpava o sangue de Nur em Ozymandias. Ozymandias levou o corpo morto de Nur para a Nave, na esperança de que sua tecnologia poderia curá-lo, e o Viajante chegou, para emboscar uma caravana de tecnologia avançada. O Viajante explicou a Ozymandias que a Nave era na verdade um transporte Celestial para uma raça alienígena altamente avançada, um dispositivo exploratório consciente, e entrou na Nave. Dentro, o Viajante descobriu que o seu sangue, misturado com o sangue de Nur e o Vírus Tecnorgânico, havia ressuscitou Nur e, infectado com o vírus, Nur conseguiu compreender a Nave. Nur foi transformado e aprimorado pela tecnologia Celestial, tornando-se um dos seres mais poderosos que iriam existir, agora possuindo a habilidade de controlar totalmente a estrutura molecular de seu corpo. Irritado com a revelação, o Viajante disse a Nur que se ele foi o responsável por sua imortalidade, ele faria com que Nur passasse a eternidade longe de lá e enviou a Nave e seu passageiro para longe no espaço. Ao longo dos próximos séculos, a consciência da Nave evoluiu lentamente e Nur percebeu isso, mas a escravizou, dizendo para a Nave que ele havia a criado. Após ganhar tanto poder, Nur também começou a tirar longos descansos na Nave, para reabastecer seus poderes, e começou a se chamar de Apocalipse.

Os Quatros Cavaleiros



Em algum momento durante o século XV, Nur já havia criado os seus Quatro Cavaleiros do Apocalipse, Pestilência, Fome, Guerra e Morte, e andava entre eles também, liderando um exército de Cavaleiros das Trevas. Este exército era tão forte e poderoso que alguns foram levados a crer que eles eram apenas um mito, para assustar os soldados antes de sua primeira batalha.

Século 12



Durante as Cruzadas no século 12, o cruzado Bennet du Paris, procurava a lendária Torre do Poder, o domínio do mítico "Faraó Eterno" em Akkaba. Depois de viajar por horas através de tempestades de areia violentas, Paris finalmente entrou em colapso e uma voz falou com ele, perguntando se ele estava disposto a arriscar tudo para se tornar um dos fortes. Paris foi então testado e os seus poderes mutantes se manifestaram pela primeira vez. Provando-se forte, Paris desapareceu do local. Nur havia teletransportado Paris para sua Nave e o transformou em Exodus. Depois de capturar a viajante do tempo Sersi e o Cavaleiro Negro, Eobar Garrington, o qual estava sendo controlado pelo Cavaleiro Negro, Dane Whitman, Nur ordenou que Exodus destruísse o Cavaleiro Negro. Exodus se recusou e se virou contra Nur, chamando-o de "falso deus". No entanto, Exodus não era páreo para Nur e Nur removeu os poderes de Exodus e o selou em uma cripta nos Alpes Suíços, preso em um estado de coma com uma maldição que prevenia que Exodus saísse, embora outros era autorizados a ir e vir como quisessem. (Cavaleiro Negro: Exodus #1)
A Batalha de Nur contra Vlad, o Empalador

Século 15



Durante 1459, na Roménia, o Cavaleiro da Guerra liderou os Cavaleiros das Trevas e, sozinho, derrotou Vlad, o Empalador e seu exército. Nur pessoalmente derrotou Vlad em um único combate, um evento que levou à Vlad se tornar o imortal vampiro, Drácula. (X-Men: Apocalipse vs. Drácula #1)

Senhor Sinistro



Nur foi visto mais tarde em 1859, na Inglaterra Vitoriana, após de ter sido acordado de séculos de hibernação em uma câmara subterrânea, pelos Carrascos, e ordenou que eles o levassem ao seu líder, o Dr. Nathaniel Essex. Nur se ofereceu para transformar Essex em um ser sobre-humano que viveria por séculos, para dar-lhe tempo para continuar sua pesquisa, mas a um custo: sua servidão. Deixado com a escolha de continuar o seu trabalho ou sua esposa o deixar, o Dr. Essex aliou-se com Nur. O Dr. Essex explicou a Nur que ele foi o primeiro a nascer com, o que Dr. Essex acreditava ser, uma grande mutação na raça humana. Depois de levar Nur para o Clube do Inferno, Nur demonstrou o seu poder diante dos homens e explicou que as teorias do Dr. Essex de mutação estavam mais próximas do que ele acreditava. Apór derrotar os viajantes do tempo Ciclope e Fênix, Nur os entregou ao Dr. Essex, como sujeitos de teste. (Novas Aventuras de Ciclope e Fênix #1) Após sua esposa ter o deixado e morrido, o Dr. Essex aceitou a oferta de Nur e foi ordenado a criar uma praga para destruir os mais fracos do mundo, como o primeiro prelado de Nur, Pestilência. Apocalipse dolorosamente transformou o Dr. Essex em um ser eterno de extraordinária palidez, com telecinese em sua Nave alienígena, pedindo a ele para esquecer seu nome passado e escolher um novo. Com suas novas habilidades e perspectivas imparciais, Dr. Essex escolheu o novo nome, "Sinistro", as últimas palavras de Rebecca Essex para ele. (Novas Aventuras de Ciclope e Fênix #2)

Nur tinha planos de assassinar a Rainha e o Primeiro Ministro da Grã-Bretanha, e quase conseguiu, mas foi derrotado pela dupla viajante do tempo, o quais começaram a retornar ao seu próprio tempo. Voltando a sua Nave, Nur exigiu saber por que a praga não estava completa e o Sr. Sinistro afirmou que ele manipulou a praga, para que ela afetasse apenas ao próprio Nur, mas o seu sistema imunológico rapidamente se adaptado a ela. (Novas Aventuras de Ciclope e Fênix #3) Nur perguntou o porque de sua traição e o Sr. Sinistro respondeu que a crueldade sem nenhum propósito era ignorância e a ignorância era o maior inimigo da ciência. Quando Nur começou a retornar à sua hibernação, ele afirmou que o desafio de Sinistro era um sinal de sua força, mas que isso não seria tolerada novamente. Nur alertou Sinistro para nunca esquecer quem possui o verdadeiro poder e, quando ele retornasse, seria o alvorecer da Era do Apocalipse e Sinistro seria seu servo. (Novas Aventuras de Ciclope e Fênix #4)
Apocalipse despertado para enfrentar Vlad novamente

Drácula



Em 1897, Drácula, agora um vampiro imortal, descobriu a existência do Clã Akkaba e sua relação com En Sabah Nur. Drácula então começou uma campanha vingativa contra o Clã Akkaba, matando muitos antes de Abraham van Helsing determinar que ele estava envolvido. Quando o líder do clã, Hamilton Slade, desapareceu, eles foram deixados sem escolha a não ser convocar o seu senhor. (X-Men: Apocalipse vs. Drácula #1) O clã despertou Apocalipse, a fim de lidar com a ameaça de Drácula. Sem que os membros do clã soubessem, o Drácula estava transformando os membros do Clã Akkaba em vampiros, a fim de combater Apocalipse como vingança por sua derrota anterior e a forma como o Lorde das Trevas havia sido envergonhado. (X-Men: Apocalipse vs. Drácula #2)
Apocalipse tendo derrotado Drácula

Apocalipse, como punição por ser tão fraco em pedir um favor a ele, matou um dos líderes do clã. Após se encontrar, e inicialmente ser confundido com um vampiro por van Helsing, Apocalipse se juntou a ele, Jack Starsmore, Frederick Slade, e Ozymandias, para combater Drácula e os membros mortos-vivos do Clã Akkaba. (X-Men: Apocalipse vs. Drácula #3) Apocalipse e seu grupo foram inicialmente superados pelos vampiros, mas finalmente saíram vitoriosos, graças a Frederico e Jack. Drácula foi empalado com seus próprios membros e decapitado por Apocalipse. Apocalipse se recusou a seguir os rituais "supersticiosos" de Van Helsing para destruir permanentemente o vampiro, deixando o corpo. Ele então voltou para hibernação. (X-Men: Apocalipse vs. Drácula #4)

De volta em 1899, na Inglaterra, Sinistro ajudou a despertar Apocalipse de seu sono. Apocalipse o agradeceu pela sua servidão ao longo dos anos e diz que, de todos os servos, Sinistro é o mais leal. Sinistro estava secretamente esperando o momento certo para impedir o Apocalipse ele mesmo. Ele decidiu que este não era o momento e diz que ele vive apenas para servir Apocalipse. Apocalipse até mesmo ofereceu-lhe uma vida normal novamente e Sinistro disse que sua vida era sua ciência. Ele depois retornou para a hibernação. (Cable Anual #1999)

Nascimento de Cable



Sentindo-se ameaçado pelo poder de Nur, Sinistro conduziu inúmeros experimentos em seu tempo, em busca de um mutante poderoso para se opor a seu mestre. Sinistro finalmente percebeu que os genes misturados de Scott Summers e Jean Grey criariam um mutante de poder sem paralelo, para destruir apocalipse e assim o libertar do jugo do antigo tirano. Sinistro esperava que ele pudesse controlar tal mutante e usá-lo para derrotar Apocalipse. Na época, acreditava-se que Jean estava agindo de forma imprudente, então Sinistro criou um clone dela e o chamou de Madelyne Pryor, criando um passado falso para ela e a colocando no mundo depois da aparente morte de "Jean". O plano de Sinistro era produzir uma criança a partir da união de Madelyne e Scott, o qual ele acreditava que iria tornar-se um mutante geneticamente superior. A criança, Nathan Christopher Charles Summers, era tão poderosa que, em seu nascimento, ele despertou Apocalipse de sua hibernação.

Era Moderna



Emergindo de sua Nave Celestial em um novo mundo, Apocalipse percebeu que os mutantes começaram a povoar a Terra e começou seu plano de dominação. Vestindo-se com uma armadura da Nave, Apocalipse começou a formar a Aliança do Mal, uma equipe de mutantes que ele reuniu, e criando esconderijo tecnologicamente avançados por todo o mundo. Apocalipse também chantageou o mutante Michael Nowlan e projetou uma máquina para alimentar o vício de Nowlan, bem como para revertê-lo, conforme a necessidade de utilizar o seu poder.(X-Factor #5) Apocalipse usou o poder de Nowlan para aprimorar as habilidades dos outros membros da Aliança do Mal. Por volta desta época, a Lei de Registro Mutante foi aprovada, a qual obrigava todos os mutantes a se registrarem com o governo, perdendo seus direitos civis e sendo ilegalizados como mutante não registrado. (X-Factor #6) (Marvel Graphic Novel #17)

Aliança do Mal



A Aliança do Mal foi vista pela primeira vez quando Torre foi contratado para sequestrar o membro da X-Factor Fera para o geneticista Dr. Carl Maddicks. Mais tarde, Apocalipse enviou Frenesi para capturar o jovem mutante Rusty Collins, mas ela foi impedida pela X-Factor. (X-Factor #10) Nowlan eventualmente escapou de Apocalipse e Apocalipse enviou a Aliança atrás dele. Depois de se revelar como o líder da Aliança do Mal, a X-Factor lutou contra ele e sua equipe. Após a morte de Nowlan, a Aliança foi derrotado e provavelmente aprisionada e Apocalipse os abandonou, acreditando que eles eram fracos. (X-Factor #11, #12 e #14)

Novos Cavaleiros



Primeira encarnação moderna dos Cavaleiros do Apocalipse
Posteriormente, Apocalipse começou a recrutar seus novos Cavaleiros e os levou a bordo de sua Nave, a qual estava camuflada flutuando acima de Nova York. O primeiro cavaleiro moderno recrutado por Apocalipse foi a Praga, um membro dos Morlocks, a quem ele salvou e recrutou durante o Massacre de Mutantes dos Carrascos de Sinistro, para preencher o papel de Pestilência. Apocalipse então se aproximou ex-soldado Abraham Kieros, em um pulmão de ferro, mal conseguindo falar, e concedeu-lhe o papel de Guerra. Autumn Rolfson foi a terceira escolha do Apocalipse, a qual apareceu em seu quarto após uma discussão com seus pais, e recebeu a posição de Fome. Apocalipse então salvou o Anjo, o qual não possuía mais suas asas, de seu avião sabotado que explodiu e o escolheu para ser seu quarto e último Cavaleiro, a Morte. (X-Factor #15 e #17) Apocalipse concedeu a Kieros o uso das pernas e restaurou a sua saúde. (X-Factor #18) Apocalipse também enxertou em Warren Worthington novas asas tecno-orgânicas, as quais podiam voar mais alto e rápido, eram afiadas como navalhas, com lâminas que poderiam ser atiradas contando com uma neurotoxina, e poderiam até mesmo se dobrar, ficando praticamente invisíveis em suas costas, para que ele as pudesse esconder. (X-Factor #19)

Para testar seus novos Cavaleiros, Apocalipse os enviou para enfrentar a X-Factor, no Central Park de Nova York, mas todos eles foram derrotados pelo Homem de Gelo. Após o quarto Cavaleiro, a Morte, ser revelado como sendo Warren, Apocalipse fez os Cavaleiros batalharem uns aos outros, para encontrar o líder, e a Morte venceu a todos. (X-Factor #21) Para testar as habilidades de seu mais novo líder, Apocalipse teletransportou a X-Factor a bordo da Nave e, como Morte, Warren lutou contra o resto da X-Factor e os capturou. No entanto, Apocalipse ofereceu a X-Factor para se juntarem a ele e Caliban, notando as melhorias de Warren e desejando se vingar dos Carrascos, pediu a Apocalipse para conceder a ela poder sobre-humano o suficiente para se vingar de seus inimigos e Apocalipse aceitou. (X-Factor #22) Quando Ciclope pediu para Caliban resgatar a X-Factor, Caliban simplesmente pediu desculpas e concordou em se tornar um Farejador do Apocalipse. Após a derrota da X-Factor, os Cavaleiros foram enviados para Manhattan, para incitar o caos. O X-Factor e o Quarteto Futuro lutaram contra os Cavaleiros. (X-Factor #23) Na batalha, a Pestilência foi morta, a Fome foi enviada para as terras férteis da América, e Apocalipse convocou Morte e Guerra de volta para a Nave, onde Warren foi livrado de sua lavagem cerebral, após o Homem de Gelo forja sua própria morte nas mãos de Warren, fazendo com que ele destruísse uma escultura de gelo de Bobby Drake. (X-Factor #24) Warren então voltou para sua antiga equipe e, após a derrota de Apocalipse, sua Nave caiu no Complexo e a X-Factor começou a viver na Nave consciente de Apocalipse, enquanto Caliban deixou Apocalipse. (X-Factor #25, #26 e #27) Enquanto dormia, o X-Factor e seus alunos foram atacados pela Nave, ainda sob o controle de Apocalipse, mas Rusty libertou sua consciência e, reconhecendo o líder da X-Factor, Ciclope, como o mesmo que o derrotou séculos atrás, Apocalipse acreditou que a X-Factor era um adversário digno e lhes permitiu viver na Nave. (X-Factor #28)

A Guerra Evolucionária



Enquanto operava sob Apocalipse, Caliban sentiu a angústia mental dos mutantes e informou seu mestre, alertando Apocalipse sobre os planos do Alto Evolucionário. Depois de uma batalha inicial, Apocalipse percebeu que o Alto Evolucionário era um homem segundo o seu coração, mesmo que o Alto Evolucionário não quisesse acreditar nisso, e o deixou para extirpar os fracos da espécie. Apocalipse utilizou métodos de engenharia genética avançadas para aumentar o tamanho e força de Caliban e o rebatizou de "Farejador", ao se juntar aos Cavaleiros do Apocalipse. Desejando provar-se digno do título Morte, Caliban, por conta própria, tentou matar Warren, mas foi derrotado e repreendido por Apocalipse, após o seu regresso. Em algum momento, Apocalipse contactou os membros dos Inumanos, na Área Azul da Lua, e os persuadiu a participarem de sua visão ideológica e formar uma nova equipe de Cavaleiros da Tempestade sob a sua liderança, enquanto construía uma base na Lua. (X-Factor Anual #3) Apocalipse tentou destruir a Terra Selvagem, mas foi impedido por Wolverine e Colossus.

Loki também veio até Apocalipse para oferecer-lhe um papel importante na sua conspiração contra os Vingadores, mas Apocalipse se recusou a se juntar a ele, tendo outras ideias em mente para a humanidade. Loki tentou matar o mutante eterno, mas Apocalipse se protegeu do ataque. Com a batalha terminada, Apocalipse disse a seus servos que era hora de começar a próxima fase de seu teste de sobrevivência para a humanidade. (X-Factor #50)

Nathan Summers



Percebendo que o jovem Nathan era o mesma Viajante que o derrotou séculos atrás, Apocalipse ordenou que os Cavaleiros da Tempestade o sequestrassem e o levassem para a sua base na Área Azul da Lua, onde Apocalipse infectaria a criança com o Vírus Tecnorgânico, para iniciar um paradoxo do tempo que asseguraria a sua própria criação e por reconhecer a ameaça e utilidade (capaz de abrigar a sua essência) do poder em potencial do menino. (X-Factor #65) Apocalipse também ordenou que os Cavaleiros da Tempestade infectassem a Nave com o Vírus Tecnorgânico, o que danificou seus sistemas e fez com que a Nave atacasse Nova York. Em uma explosão iminente, a Nave se lançou para o espaço, para proteger a cidade, mas a I.A. da Nave conseguiu se salvar como um constructo energético. (X-Factor #66) Com a ajuda dos Inumanos e seus companheiros de equipe, Ciclope salvou seu filho, por meio da força combinada de Nathan, Jean, e ele próprio. A Irmã Askani apresentou-se, do final do século 37, 100 anos depois de Apocalipse conquistar o mundo, e declarou sua missão para salvar a criança. Escolhendo salvar a vida de seu filho e acreditando que nunca mais iria vê-lo novamente, Ciclope relutantemente permitiu que Askani levasse Nathan para o futuro, para curar o vírus. Askani o fez à custa de sua vida. (X-Factor #67 e #68) Ele mais tarde enfrentou a Mulher-Hulk. (Sensacional Mulher-Hulk #30)

Futuro Filho Conflyto



Enquanto hibernava em Bani Maza, Egito, Apocalipse foi despertado por um homem de armadura, chamando a si mesmo de Conflyto e clamando seu desejo de retribuir a Apocalipse por sua paternidade abusiva. (X-Factor #17) Com seus Cavaleiros da Tempestade assistindo, Apocalipse, nunca tendo conhecido Conflyto até este momento e ainda fraco de ter sido despertado muito cedo, foi derrotado por Conflyto, o qual atravessou uma espada nele, a qual ele alegou que Apocalipse usou para matá-lo em certo momento. (X-Men Vol 2 #14) Enquanto tentava se curar, Apocalipse fugiu para um de seus esconderijos, onde ele foi atacado pelos X-Men, os quais acreditavam que ele estava por trás do sequestro de Scott e Jean. Enquanto lutava contra os X-Men, Apocalipse soube que alguém tinha cometido atos em seu nome. Ansioso por saber mais sobre esses eventos, Apocalipse invadiu um dos esconderijos de Cable, o Viajante adulto, e descobriu que Conflyto havia tomado o controle de seus Cavaleiros da Tempestade, os chamando de os Cavaleiros das Trevas, e que Sinistro estava se passando por ele, tomando o controle dos Cavaleiros e sequestrando Ciclope e Jean. (X-Men Vol 2 #15, X-Factor #85, Fabulosos X-Men #295 e #296)

Conflyto também havia se passado por Cable e realizado publicamente uma tentativa de assassinato contra o Professor Charles Xavier, o fundador dos X-Men. A bala de Conflyto havia infectado o Professor Xavier com o Vírus Tecnorgânico, a qual ainda era incurável na época atual. Enquanto o Fera e a Dra. Moira MacTaggert, através de videoconferência, trabalharam diligentemente para curar o Prof. Xavier do Vírus Tecnorgânico que estava devastando seu corpo, Apocalipse apareceu e forneceu a cura. Os X-Men inicialmente não queriam a ajuda de Apocalipse, mas Warren, surpreendentemente, atestou a genialidade de Apocalipse. Quando Apocalipse perguntou o motivo, Warren afirmou que ele iria matar Apocalipse depois de torturá-lo no momento de sua escolha.(X-Force #18 e X-Factor #86)

Após deduzir que Conflyto estava em sua antiga base da lua, Apocalipse acompanhou um pequeno grupo de X-Men, a X-Factor e a X-Force para enfrentar Conflyto e seus Cavaleiros das Trevas. Apocalipse se separou do grupo, derrotando sozinho os Cavaleiros das Trevas e, depois da batalha, estava muito ferido. Quando Warren foi informado de que Apocalipse estava morrendo, ele deixou a batalha final para encontrá-lo e decidiu deixá-lo morrer sozinho, quando Apocalipse pediu a ele para acabar com seu sofrimento. (X-Men Vol 2 #16 e Cable #19)

Legião voltou ao passado para matar Magneto, mas Xavier morre em seu lugar. O Apocalipse do passado viu isso como um sinal para atacar, e acabou criando a linha do tempo alternativa da Era do Apocalipse. (X-Men Vol 2 #41)

Massacre



Apocalipse foi acordado de seu descanso de cura por Ozymandias para descobrir sobre a nova ameaça para a Terra, Massacre. Ele assistiu a criatura enfrentar os heróis da Terra. Uatu, o Vigia, sugeriu que Apocalipse fizesse uma aliança com Cable. Apocalipse acreditava que ele seria vulnerável através do Plano Astral, e precisava de ajuda de Cable para alcançar o reino. Ele libertou Franklin Richards do cativeiro, enfraquecendo Massacre. O plano funcionou, mas foi interrompido por Sue Storm, a qual havia vindo invisivelmente com eles, suspeitando que Apocalipse desejava matar Franklin. No entanto, isto deu a Massacre tempo para escapar, prolongando a luta. (Fabulosos X-Men #335 e #336, Massacre Marvel #1, Cable #34 e #35, Quarteto Fantástico #415)

O Hulk e Bruce Banner são divididos em dois seres separados por Massacre. Hulk agora extraia a energia derivada do universo de bolso de Franklin. Apocalipse recrutou o Hulk para se tornar seu Cavaleiro, a Guerra, para derrotar os Celestiais. Ele envia o Hulk, o qual enfrenta o Fanático e o Homem-Absorvente. O Hulk derrota os dois, mas retorna ao normal após ferir Rick Jones. Mesmo assim ainda tinha sido uma vitória para Apocalipse, já que isso permitiu que ele testasse o seu novo dispositivo. (Incrível Hulk #455 e #456)

O Clube do Inferno mais tarde despertou o há muito escondido Arauto do Apocalipse de sua hibernação; originalmente um homem normal, o qual Apocalipse no século 19 o colocou para incubar por durante 100 anos. Apocalipse liberou Caliban e Ozymandias da sua possessão, para se defenderem sozinhos, caso fossem sobreviver aos próximos eventos. Cable, junto com os Vingadores, lutou contra o Arauto, mas foram incapazes de detê-lo. Apocalipse então apareceu e ativou uma bomba dentro do Arauto, a qual iria destruir toda Nova York, mas Cable conseguiu a impedir. (Cable #53, #64, #66, #67 e #68)

Quando Magneto perturbou o campo magnético da Terra, Apocalipse enviou um Skrull se passando pela mutante Astra para detê-lo. (Magneto Rex #3)

Apocalipse planejou testar os Deviantes e detonou uma bomba nuclear na cidade subterrânea de Lemúria, fazendo com que eles mutassem ainda mais. Apocalipse então atacou São Francisco, usando o gigantesco Karkas. Os Eternos foram forçados a lutar contra a criatura. Apocalipse foi confrontado por Ikaris, o qual agora era um Eterno Primordial. Embora Apocalipse tenha derrotado Ikaris, ele ainda conseguiu frustrar seus planos. (Novos Eternos #1)

Os Doze



Para garantir um novo corpo hospedeiro, Apocalipse procurou sugar as impressionantes energias dos Os Doze, mutantes de incrível poder que estavam destinados a alterar o curso da história. Desta vez, foi Wolverine que caiu nas mãos do senhor da guerra. O X-Man selvagem enfrentou seus companheiros de equipe ferozmente como o Cavaleiro da Morte, mas conseguiu se libertar do controle de Apocalipse. (Fabulosos X-Men #376)

No entanto, Wolverine e seus companheiros Cavaleiros tinham servido o seu propósito. Aproveitando a distração causado por suas ações, Apocalipse coletou os mutantes que ele necessitava para levar a cabo seu plano: Ciclope, Fênix, Polaris, Bishop, Solaris, Monolito Vivo, Mikhail Rasputin, Cable, Professor X, Tempestade, Homem de Gelo e Magneto. (Cable #74 e #75, X-Man #59, X-Men Vol 2 #96, Wolverine Vol 2 #145, #146 e #147)

A energia dos Doze foram desviadas para a Monolito e então dele para o X-Man, e enquanto o poder ia para ele, Nur possuiria o adolescente de outro universo que possuía grande poder telepático e telecinético. Enquanto seus companheiros de equipe caíam ao seu redor, Ciclope empurrou o X-Man fora do circuito de drenagem, fundindo-se com Apocalipse para criar uma nova entidade do mal. Mas a Fênix telepática, a esposa de Summers, Jean Grey, detectou a psique de seu marido dentro do ser composto e impediu os X-Men de destruí-lo. Ciclope foi dado como morto pela maioria de seus companheiros de equipe, apenas Cable e Jean se recusavam a acreditar que ele havia morrido. (X-Man #59 e #60, Fabulosos X-Men #377 e #378, Cable #76)

Ciclope



Um amnésico e sem poderes Ciclope ciborgue retomou o controle da forma fundida, mas Apocalipse começou a ressurgir. Jean e Cable foram alertados da sua localização no Egito, onde Jean no final conseguiu liberar o Ciclope por telepaticamente arrancar a essência de Apocalipse do corpo de seu marido. Isto deixou Apocalipse preso uma formal astral incorpórea, a qual Cable aparentemente destruiu usando sua Psimitar. (X-Men: A Busca por Ciclope)

Renascimento de Apocalipse

Dizimação



No entanto, após o evento conhecido como o Dia-M, Apocalipse foi ressuscitado usando o Vírus Tecnorgânico e apenas uma gota de seu sangue em um tonel de órgãos, o vírus reescreveu o código genético do material para formar um corpo para Apocalipse. Olhando para o novo mundo, Apocalipse viu a necessidade de agir como o salvador da raça mutante dessa vez, em vez de apenas reivindicá-la. (Cable & Deadpool #26 e #27)

Com a ajuda de Ozymandias, Apocalipse começou trazendo para Terra Gazer, o qual havia recentemente perdido seus poderes, então o colocou contra o Doutor Foster em uma luta até a morte para se tornar o Cavaleiro da Guerra. Após a vitória de Gazer (com a assistência de Ozymandias), Apocalipse se aproximou de Solaris, o qual havia perdido suas pernas, oferecendo-lhe uma cura como o Cavaleiro da Fome. Apocalipse então enviou o seu Cavaleiro da Pestilência a uma instalação militar para ingerir todas as doenças possíveis. (X-Men Vol 2 #179, #182 e #183)

Com os três Cavaleiros, Apocalipse foi para o Instituto Xavier, onde ele ofereceu a salvação, a qual ele alegou ser salvador da raça mutante para os X-Men e os 198 mutantes que procuravam abrigo. Muitos mutantes, como Mammomax, Skids, Oculto, Arco Voltaico e Caçador de Escalpos, aceitaram esta oferta, mesmo que no caso de alguns, era para combater os efeitos da fome. Os X-Men, no entanto, foram atrás da Fome, a qual Vampira achou familiar. E enquanto Guerra lutava contra o único Sentinela com piloto restante após o efeito de inanição da Fome, Apocalipse esperou pelo candidato final, a Morte, o qual acabou sendo Gambit. (X-Men Vol 2 #184 e #185)

Apocalypse desejava dizimar a população humana, e deixar que os sobreviventes lutassem pelo direito de estar sob seu domínio. Ele foi derrotado pelos X-Men com a ajuda do Esquadrão Sentinela E*N*E, os Novos Vingadores e o traidor Ozymandias. Ele fugiu, apenas para acabar em frente aos Celestiais, ansiosos para coletar suas partes no acordo. De fato, os Celestiais haviam apenas lhe emprestado sua nave em troca de uma dívida de dor do mutante. Ele tentou morrer para que não tivesse que enfrentá-los, mas foi ressuscitado e levado por eles. (X-Men Vol 2 #186 e Eternos Vol 4 #4)

O Jovem En Sabah Nur

Os Últimos Cavaleiros



Recentemente, Ozymandias e o Clã Akkaba mais uma vez ressuscitaram Apocalipse, mas desta vez na forma de uma criança. (Fabulosa X-Force #1) Nesta forma, Apocalipse não parecia ter nenhuma lembrança de seu passado ou o seu anterior desrespeito pela vida. (Fabulosa X-Force #3) Ozymandias e o Nave Celestial começaram a educar e doutrinar o jovem Apocalipse. (Fabulosa X-Force #1) Para proteger este jovem En Sabah Nur, os Os Últimos Cavaleiros, mutantes recolhidos ao longo de séculos, foram ativados. (Fabulosa X-Force #2) Guerra , Pestilência, Fome e Morte enfrentaram a X-Force na Área Azul da Lua e quase os derrotaram. (Fabulosa X-Force #3) No entanto, devido em grande parte as ilusões de Fantomex, a equipe aparentemente matou os Cavaleiros e Ozymandias. Quando descobriram o jovem Apocalipse, a equipe discutiu sobre o que fazer com ele. A questão se tornou irrelevante quando Fantomex atirou na cabeça do menino, fazendo com que um dos seus Cavaleiros da Morte, o Arcanjo, tomasse o seu lugar como o instrumento dos Celestiais. (Fabulosa X-Force #4)

Saga do Anjo Negro



Apocalipse foi clonado e criado por Fantomex como um herói, chamado de Evan Sabahnur. Ele tentou o seu melhor para derrotar o Arcanjo, dando a oportunidade para Psylocke atacá-lo com a Semente da Vida. Após a batalha, Fantomex decidiu enviar Evan para a Escola Jean Grey para Estudos Avançados. Ainda não se sabe se esse novo ser irá assumir o manto de seus progenitores. (Fabulosa X-Force #7)

Poderes e Habilidades



Poderes



Apocalypse resistindo a um grito do Raio Negro, além dos ataques combinados dos Inumanos e da X-Factor
Apocalipse tem evoluído constantemente para sobreviver, aumentando seus poderes ao longo dos séculos. Sua habilidade original de controlar sua estrutura molecular foi aprimorada pela armadura Celestial quando ele entrou na Nave e se tornou o Zelador Evolucionário. Ele também foi exposta a pelo menos dois Vírus Tecnorgânicos diferentes ao longo do anos, os quais ele assimilou.

Imortalidade: O corpo original de Apocalipse era imortal; mesmo antes de ser modificado pela Nave Celestial, ele viveu por milhares de anos. Apocalipse pode entrar em um estado de animação suspensa durante o qual ele pode se recuperar de qualquer ferimento, com a assistência de sua tecnologia Celestial.

Força Sobre-Humana: Apocalipse possui força sobre-humana, a qual ele pode aumentar ainda mais através de fontes de energia externas; Apocalipse demonstrou ser forte o suficiente para conter fisicamente o Hulk, embora o Hulk tivesse sido separado de Banner e não possuía a capacidade de aumentar sua força com sua raiva, mas também tinha um nível base de força maior. Assim, Apocalipse está acima do limite da "classe 100".

Velocidade Sobre-Humana: Ele é capaz de acelerar seu reflexos e tempo de reação.

Quase Invulnerabilidade: Apocalipse é altamente resistente a danos. Com as modificações Celestes, essa resistência aos danos foi amplificada.

Teletransporte: Apocalipse pode teletransportar a si mesmo ou a outros por grandes distâncias em todo o planeta. A habilidade parece ser artificial, conectada à tecnologia Celestial bio-mecanicamente incorporada em seu corpo, base e equipamentos, e por isso não está sempre disponível para ele.

Manipulação Psiônica: Varias vezes Apocalipse demonstrou níveis diferentes, mas vastos, de capacidade mental, sendo facilmente capaz de usar Telecinesia e Percepção Extrassensorial em níveis que ultrapassam até mesmo as do Charles Xavier, Psylock, Cable, os Vigias e até mesmo Jean Grey fortalecida pela Fênix.
  • Telecinesia: Apocalipse possui habilidades telecinéticas que lhe permitem levitar a si mesmo ou a outros por pura força de vontade e manipular os seres vivos, objetos inanimados e, em certa medida, energia psíquica. Ele pode "erguer" muito além de 100+ toneladas, demonstrado quando ele levantou seu próprio palácio com sua mente.
  • Campos de Força
  • Telepatia: Apocalipse demonstrou habilidades poderosas telepáticas, permitindo a ele uma série de habilidades únicas poderosas como a leitura de mentes, absorver informações e projetar seus pensamentos para outros. Exemplos das habilidades telepáticas Apocalipse incluem quando ele batalhou com Jean Grey dentro da mente de Cable bebê e foi capaz de a vencer.[48] Além de ler a mente de seu fiel servo e recolher informações sobre a ameaça da entidade psíquica conhecida como Massacre.
  • Projeção Astral
  • Controle Mental
  • Possessão Psíquica
  • Rajada Psiônica

Voo: Apocalipse pode se permitir voar, tanto por transformar os braços em asas, foguetes, ou através do uso de telecinesia. Ele pode alcançar velocidade supersônica desta maneira.

Alteração Bio-Molecular: Apocalipse tem total controle sobre a estrutura molecular de seu corpo e pode alterá-lo à vontade. Isso significa que ele pode adaptar a sua estrutura molecular contra quaisquer adversidades. Apocalipse pode executar os seguintes feitos:
  • Manipulação Corporal: O corpo inteiro de Apocalipse pode ser remodelado à vontade. Ele pode alterar sua aparência, permitir que seu corpo se torne extremamente maleável, manter sua destreza completa, e alongar o seu corpo ou membros.[25] Apocalipse pode até assumir uma forma humana exteriormente normal para se disfarçar, caso ele queira.
  • Alteração de Tamanho: Apocalipse é capaz de mudar seu tamanho à vontade; ele pode aumentar ou diminuir o tamanho de seu corpo por pegar massa adicional ou se livrar dela de uma fonte provavelmente extra-dimensional.
  • Concessão de Poderes: Apocalipse pode, devido a ter controle total sobre a sua estrutura molecular, gerar inúmeras habilidades sobre-humanas diferentes dentro de si mesmo à vontade. Os limites deste auto-aprimoramento são desconhecidos, mas mesmo antes de encontrar os Celestiais, ele demonstrou rajadas de energia auto-geradas. Medir essa capacidade após essa época é difícil, já que a diferença entre novas habilidades mutantes auto-geradas e a tecnologia Celestial incorporada em seu corpo bio-mecânico é difícil de detectar.

Manipulação de Energia: Apocalipse parece ter um certo aproveitamento de energia e habilidades de projeção, quer naturalmente derivadas ou baseadas na tecnologia Celestial implantada em sua estrutura física. Estes efeitos incluem, mas não estão limitados a:
  • Campos de Força: Capacidade de criar campos de força.
  • Rajadas de Energia: Ele possui a capacidade de projetar rajadas de energia maciças de força destrutiva de qualquer lugar de seu corpo. Apocalipse também pode expelir ondas de energia de todo seu corpo.
  • Absorção de Energia: Capacidade de absorver energia de fontes externas para aumentar seus níveis de força e poder.

Tecnopatia: Apocalipse é capaz de interagir diretamente com várias tecnologias que ele tem à sua disposição. Isto é devido a combinação da armadura Celestial incorporada em seu corpo físico e os Vírus Tecnorgânicos do qual ele é hospedeiro.

Sangue do Apocalipse: O sangue Tecnorgânico de Apocalipse tem muitas propriedades únicas. Com apenas uma gota de seu sangue em um tonel de órgãos, sangue, etc, o vírus pode reescrever o código genético do material dentro dele para formar um novo corpo para Apocalipse.


Habilidades


  • Apocalipse é extremamente inteligente, e tem conhecimento de certas áreas de biologia, engenharia e principalmente mutação genética, e de tecnologias que estão muito além da ciência e da tecnologia contemporânea. Isto não foi apenas resultado de sua exposição a tecnologia alienígena, já que ele foi capaz de fazer novos avanços significativos além dos materiais alienígenas aos quais ele foi exposto.
  • En Sabah Nur fala Inglês, Francês, e e supostamente todos os idiomas humanos.

Nível de Força



Variável; Habilidade de utilizar fontes externas de poder para tornar seu nível de força praticamente incalculável.

Acessórios



Equipamento



Várias das bases do Apocalipse tem uma câmara de rejuvenescimento. Aparentemente a tecnologia Celestial é capaz de manipular os genes dos mutantes, dando a eles habilidades completamente novas ou aprimorar as que eles já possuem. (O processo aparentemente tem o efeito de transformar as mentes dos indivíduos para uma forma de pensar semelhante a de Apocalipse).

Transporte



Dispositivo de teletransporte pessoal. Várias naves baseadas em tecnologia Celestial.

Armas



Provavelmente vários armamento baseados em tecnologia Celestial.

Notas


  1. De acordo com os escritores da Marvel,[necessitando citação] "En Sabah Nur" se traduz como "O Primeiro" em árabe. No entanto, a frase na verdade se traduz em algo mais parecido com "Bom Dia". A razão é que o termo está gramaticalmente incorreto, já que deveria ser "Sabah an-Nur", assumindo que era o significado que os escritores da Marvel desejavam. Também pode significar "As Setes Luzes"; com "Sabah" literalmente significando "sete" e "Nur" significando "luz" em árabe. Isso é interessante pois o Islão retrata a vida após a morte eterna como tendo sete céus. Como Apocalipse nasceu milhares de anos antes do Árabe moderno existir, isso deve ser uma tradução de seu nome verdadeiro, ou é um nome em Proto-Semita que simplesmente se assemelha a palavras Árabes. "En Sabah Nur" também pode significar "o nascimento da luz", "Luz Desperta", e (no sentido literal) "Amanhecer".
  2. Um fato pouco conhecido é que Apocalipse foi criado como uma substituição de última hora para o Coruja, um vilão do Demolidor o qual o escritor original da X-Factor Bob Layton queria usar como principal vilão da X-Factor. Quando Layton foi removido do livro e substituído por Louise Simonson, ela solicitou que a última página de X-Factor #5 fosse alterada para uma figura sombria chamada Apocalipse, já que Simonson queria um novo personagem como o principal vilão para do livro.



RE: Apocalipse (Terra-616) - Michele - 23-08-2016 02:59 PM

Não Creio Uau!!!
Que artigo bom PalmasPalmas